Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

SARTRE(parte2): O EM-SI E O PARA-SI

Olá pensadores! Tudo bem com vocês? Espero que sim! Comigo está tudo bem graças ao bom Deus! E já começamos com a segunda parte da filosofia existencialista de Sartre, hoje iremos falar sobre o movimento das relações segundo o autor. Bem, segundo Sartre, quando o homem se constata como existente, ou seja quando começa a ter consciência de si para o outro, imediatamente percebe-se como existência consciente. Essa consciência ele tem de si mesmo(como intuição originária de si) existindo no mundo. A consciência designa uma subjetividade sempre aberta, que a todo instante transcende em direção ao mundo. O caráter transcendente como relação com algo que encontra fora dela é a própria consciência, é uma consciência completa e dirigida para alguma coisa que não é ela.
O homem como ser no mundo sempre está relacionando com o outro ser que lhe é distinto, um ser que não têm consciência de sua existência, o ser das coisas. A esse ser Sartre denomina EM-SI. Esse ser não admite nenhuma abertura em …

Últimas postagens

SARTRE(PARTE1) A ANGÚSTIA E A RESPONSABILIDADE

A BANALIDADE DO MAL

A DEMOCRACIA FUNCIONA?

FILOSOFANDO SOBRE A ANARQUIA

LIBERALISMO X SOCIALISMO: ANÁLISE SEM SER MANIQUEÍSTA

FILOSOFANDO SOBRE O VOTO NULO

SOBRE AS ELEIÇÕES NO BRASIL

FILOSOFANDO SOBRE O DIA DO SEXO +18

NO MEU TEMPO QUE ERA BOM