Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2016

A MUDANÇA QUE NUNCA DEIXOU DE SER ROTINEIRA

A mudança sempre foi um dos pilares da filosofia e alguns pensadores dizem que a filosofia surgiu com nosso espanto com a mudança e nosso esforço para entender a mudança foi a grande chave para interrogar o universo , quando percebemos  que a mudança é muito complexa nós começamos  nos dedicar a pensar: por quê as coisas mudam?
 Já na Grécia antiga foram criadas duas posições oposta sobre a respeito do que é mudança. Um  filósofo chamado Heráclito de Éfeso(540a.C a 470 a.C) ele diz que a mudança e a única coisa constante no universo  tudo flui ,tudo muda, ninguém se banha duas vezes no mesmo rio para entender melhor é só prestarmos a atenção na  composição de Lulu Santos e Nelson Mota: "Tudo que se vê não é igual o que a gente viu a um segundo tudo muda o tempo todo no mundo". E se quisermos prestar a atenção na mudança veremos que ela é inexorável.  Outro filósofo Parmênides de Eléia (530 a. C -460 a.C) propôs uma solução radicalmente diferente ele disse que a mudança é apenas…

SERÁ MAIS FÁCIL SER ATEU?

O enigma para o ateu e de a justar a ideia de um Deus bom com um mundo mau, e o pior como  justificar o mau no mundo?
   Bem, eu diria que ser ateu é um pensamento relativamente fácil, por que? É só olhar o mundo ao nosso redor, você ver um engolindo o outro para sobreviver, você ver um tsunami e você vê uma chuva torrencial em outro momento  um terremoto, diante disso se você ver o efeito de um mundo que parece que está devastado, parece que a causa é também devastadora, se existe uma causa; essa causa é estranha, se o mundo é louco parece que a causa do mundo é louco. O ateu justificaria todos esse acontecimentos assim: "O mundo é mau! e se o mundo é mau esse Deus que vocês crentes falam que é bom não existe ,pois, se ele é bom ele não permitiria isso tudo acontecer." Já o teísta aquele que acredita diria:"  O mundo é mau e Deus é bom."
O problema é que como a justar uma causa que é boa e um mundo que é mau??? O filósofo e santo da igreja católica Santo …

mimimi

O filósofo alemão Nietzche acostumava dizer: " que nós sonhamos  com o sol que se preocupe com o que nós sentimos" ,mas que no fim das contas  quando nos damos conta que esse sol não está nem ai para nós, que as estrelas não brilham só para nós e que o mar não existe para que possamos nadar nele, nós entramos em desespero chamado ressentimento; e o que é ressentimento? E você achar  que todos deveriam  te amar mais e te dar mais atenção do que dão para os outros .
Do século XIX para cá o ressentimento piorou muito  ele está em toda parte, você não pode falar nada com a pessoa muito menos expor uma opinião ou uma crítica construtiva que as pessoas levam para o lado pessoal, provavelmente daqui uns mil anos , não vão se lembrar da nossa geração como a geração que avançou em suas tecnologias, mas, sim como a geração do  ressentimento, somos uma civilização de mimados que não são capazes de ouvir uma crítica sem achar que é uma ofensa pessoal.

A vida só tem sentido quando entendemos a morte

Pensemos o sentido da vida, se é que existe um sentido na vida. Pensar o sentido da vida é angustiante, pois racionalmente pode se concluir de que não exista um sentido para se viver. Como diria o filósofo Schopenhauer "viver é sofrer". Questionar o sentido da vida gera certa ansiedade, pois remete a morte. A morte relaciona a vida.
Heidegger estabelece relações entre existência inautêntica e autêntica que seria do ser-para-a-morte e que faz o ser tornar se livre para suas escolhas. Poderíamos talvez classificar três formas de observar a vida: racionalmente, religiosamente e emocionalmente. Racionalmente seria o sentido da vida como um único objetivo: de reprodução para manter a espécie. Do ponto de vista religioso, teríamos uma determinada missão a cumprir e seriamos enviados a esta missão como um dever a ser cumprido. Emocionalmente vivemos nossas vidas por outro que amamos e nos doamos. O sofrimento maior não é não ter um sentido na vida, pois neste caso solucionamos com um…