Pular para o conteúdo principal

SERÁ QUE ESSA BUSCA PELA FELICIDADE NÃO ESTÁ TIRANDO O MEU TEMPO DE SER FELIZ?

A mais o menos dois mil e quinhentos anos, um filósofo grego chamado Aristóteles em um livro chamado Ética A Nicômaco   colocou uma afirmação que para nós hoje pode até parecer algo bem óbvio: "Todos os seres humanos querem ser felizes", mas o que é de fato a felicidade???? Uma coisa e você dizer que todos os seres humanos querem ser felizes a outra coisa é você perguntar o que é a felicidade? pois, se perguntamos a várias pessoas o que é felicidade, teremos várias respostas diferentes, de acordo com o paramento e o conceito de felicidade de cada uma delas. Para um felicidade é ser rico, para outro é encontrar o amor da vida , outro é ter sucesso na vida profissional,mas, no entanto, todos iram concordar e que o objetivo da vida é ser feliz.
Aristóteles nos convida a pensar da seguinte formar: talvez essa tal felicidade que conceituamos não seja bem a felicidade em si; muitas das vezes confundimos felicidade com bem estar.  De fato o bem estar e proporcionado de fato com uma qualidade de vida bem sucedida e sustentável, mas isso é só o bem estar e ele ajuda a felicidade, mas não é a felicidade propriamente dita, estão relacionados, mas nem de longe é a mesma coisa, por quê? Bem, eu posso ter tudo aquilo que é comprável e ter uma saúde de ferro , ter amigos, mas no fundo se sentir triste e infeliz; logo a ideia de felicidade é ter bens esta caíra por terra; e infelizmente  a ideia de felicidade que querem passar para nós é a ideia de consumo.  E pobre de nós  que acreditamos nisso pois,  as coisas que adquirimos com o tempo ela perde o valor, o carro ,o tênis o celular do ano tudo isso tudo vai passar. Infelizmente estamos adotando isso nos relacionamentos procuramos a felicidade nos outros e vivemos trocando de parceiros e esquecemos que o verdadeiro relacionamento é quando ambos buscam ser o motivo da felicidade do outro. Enfim, estamos sempre buscando essa tal felicidade,mas, essa busca está na verdade me roubando o tempo de ser feliz.
Para Aristóteles  felicidade não pode ser um estado transitório, para ele a felicidade e a finalidade última do ser humano o mesmo deu o nome de teleologia ( a busca de um fim) ,portanto, a felicidade é um estado que não muda; logo eu não estou feliz eu sou feliz .
Muitas das vezes confundimos os meios e os fins: a felicidade é um fim os meios são aquilo que nós buscamos para chegar a essa felicidade e o nosso maior erro e colocar nossa felicidade nos meios e esquecemos que eles acabam.
Aristóteles nos dá uma dica para sermos felizes, para ele felicidade é aquilo que não podemos perder, e mais para ele a felicidade é pensar; não só o pensamento das grandes coisas, mas o pensamento também das pequenas coisas, olhar com interesse de contemplação, assim como um olhar de criança que está conhecendo e aprendendo cada dia uma coisa nova, talvez esse seja o modo de entender a felicidade não como algo passageiro,mas algo que teremos para sempre; porque não depende de nada e de ninguém, mas, depende exclusivamente de nós.
ADRIANO SOARES DE SOUSA
     
          

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A JORNADA DO HERÓI: JESUS CRISTO

Quem nunca gostou de ouvir, lê ou assistir história de heróis ?
Há milênios contamos histórias que falam de personagens   que foram peças importantes, e até hoje estão marcados na memória de cada um que as conhece, geralmente essas histórias estão cheias de ação emoção, pois elas estão cheias de ingredientes  que preenchem a nossas expectativas.
Na maioria das vezes o personagem principal deve superar algumas etapas para se demonstrar como verdadeiro herói, independente da cultura ou do mito que será contado, sempre o herói têm um ciclo a ser seguido isso desde a história mais antigas de Homero e Hesíodo com seus contos até as aventuras da DC e MARVEL.
Pensando nisso  o estudioso e especialista em mito Joseph  Campell cria um modelo de como seria passo a passo do percurso de transformação do homem comum em Herói com todas as provações que surgem no caminho. A jornada do herói e muito utilizada em roteiros de cinema e seriados, e livros de super-heróis, e o meu principal objetivo(e de…

SOBRE NARCISISMO EM REDE SOCIAIS

Olá pensadores! Olá pensadoras ! Tudo bem com vocês? Espero que sim! O tema de hoje eu acredito que vai mexer com cada um de nós, pois, cada um tem seu momento de narcisismo e com as redes sociais em alta isso mais do que nunca está aflorado e nítido .
Mas, para começar acredito que muita gente ainda não sabe o que é narcisismo, logo, irei começar a contar o mito de Narciso. Existem várias versões desse mito mas, a que mais se encaixa no tema e essa:

Quando Narciso nasceu, sua mãe consultou o adivinho Tirésias que lhe predisse que Narciso viveria muitos anos desde que nunca conhecesse a si mesmo. Narciso cresceu tornando-se cada vez mais belo e todas as moças e ninfas queriam seu amor, mas ele desprezava a todas. Certo dia, enquanto Narciso descansava sob as sombras do bosque, a ninfa Eco se apaixonou por ele. Porém tendo-a rejeitado, as ninfas jogaram-lhe uma maldição: - Que Narciso ame com a mesma intensidade, sem poder possuir a pessoa amada. Nêmesis, a divindade punidora, escutou …

A DEPRESSÃO E SUA BANALIZAÇÃO NO MUNDO ATUAL

A depressão é um distúrbio afetivo que acompanha a humanidade ao longo de sua história. O conceito patológico , entre os sintomas, ha presença de tristeza, pessimismo, baixa autoestima que aparecem  muitas das vezes compiladas.
Ao contrário do que normalmente se pensa os fatores psicológicos e sociais, são consequência e não a causa da depressão.
Mas o quero ressaltar aqui e a banalização dessa doença que é tão seria e que se não for tratada pode levar a morte, sim! morte!!! De acordo com a OMS(Organização Mundial de Saúde) a depressão atinge hoje quase 7% da população mundial cerca de 400 milhões de pessoas.
Vendo que o assunto é sério atualmente a depressão e colocada como algo  banal e muitas das vezes a pessoa que apresenta essa patologia e encarada como fazedora de manha,que está com frescura e o pior é aquele que fala: "nossa, isso é falta de Deus" se fosse assim padre e pastores não entrariam nunca em depressão. Muitas das vezes nas redes sociais esse termo é banali…