Pular para o conteúdo principal

FILOSOFIA DE LINGUAGEM, ETERNO RETORNO EM NIETZSCHE, DEMÔNIO DE LAPLACE PIERRE SIMON E O MITO DE SÍSIFO TUDO ISSO EM UM FILME: A CHEGADA

Bem, o texto de hoje é sobre o filme A chegada, que de início  parecia um clichê  sobre extraterrestre, mas, para minha surpresa e minha alegria o filme têm muitos contextos filosóficos e acaba que a reflexão interplanetária vira pano de fundo para expor essas ideias.
Não vou dar spolier do filme, mas o resumo do filme e esse: Quando os extraterrestre deixam seus sinais em vários pontos da terra uma linguista a Dra. Louis Banks interpretada pela brilhante atriz Amy Adams é chamada por militares para traduzir e desvendar os sinais, no entanto, ao decorrer dos acontecimentos percebe-se a principal mensagem do filme: para enfrentar desafios exteriores é preciso primeiro resolver os interiores.
Sendo, assim o filme vêm  trazendo alguns conceitos filosóficos, o primeiro é a filosofia de linguagem:
A maior preocupação da filosofia de linguagem  é: Como as frases compõe um todo significativo? Como usamos socialmente? Qual a sua finalidade? e a pergunta principal da filosofia de linguagem que é bem usada no filme; Como a linguagem se relaciona com a mente do falante e do interprete? E como ela se relaciona com o mundo?
O outro tema exposto no filme é o Eterno retorno de Nietzsche; para ele o devir, não é fluxo linear que se dirige ao infinito. Ele é de modo paradoxal, o que volta para si e forma o grande ciclo do eterno retorno do mesmo. De fato o eterno retorno permite prescindir dos além -mundos  e salvaguardar a  imanência . por outro lado ele nos liberta da nossa submissão do passado. Sabendo disso ao ver o filme desconsidere a linha do tempo,passado, presente e futuro eles acontecem simultaneamente.
Outro pensamento filosófico que aparece no filme  (sem dá spolier, mas essa teoria é a que dá amarra do enredo final do filme ) e do filósofo Pierre Simon  que chamamos de Demônio de laplace que é basicamente da seguinte forma: Um ser que poderia determinar o futuro baseando no conhecimento do passado numa relação de causa e efeito, logo podemos considerar o presente estado do universo como resultado do seu passado e a causa de seu futuro. (bugo né)
E por último e não menos importante o filme traz o antigo mito de Sísifo, não irei conta-lo com riqueza de detalhes, mas, o mito  conta  a história  de Sísifo que tenta enganar a Zeus e a Morte, e como castigo tem por toda a eternidade rolar uma pedra morro acima; esse mito nos dá como mensagem e veremos também  filme é o esforço inútil de queremos evitar o inevitável,como por exemplo a morte.
Aqui encerra mais um texto, acho que o filme já saiu de cartaz , mas é uma boa pedida para quem quer ver um filme diferente que te leve a pensar,e que bom que existem diretores que conseguem fazer filme para ganhar dinheiro e oscar (ele está muito cotado)mas, filme que te leve a sair da sala do cinema mas pensante no mundo a sua volta.


(ADRIANO SOARES DE SOUSA)                 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A ARTE IMITA A VIDA OU A VIDA IMITA A ARTE?

Olá pensadores, tudo bem com vocês? Comigo está tudo bem, e com imenso prazer que voltamos aqui para fala sobre qualquer assunto, pois qualquer assunto abrange o meio filosófico.


E hoje o tema será algo que está presente em toda a nossa vida " a arte" de vários meios e modos de acordo com o tempo e contexto social. Os seres humanos se diferenciaram dos outros animais(dizem os humanos) pela inteligência abstrata e linguagem simbólica de que são capazes. Tais capacidades possibilitam a criação de uma "segunda natureza", a CULTURA, uma das grandes criações humanas chama-se "ARTE" esta forma específica de conhecer, expressar e interpretar o mundo, mesmo o mundo que não existe, ou que existe apenas na imaginação do homem. Mas o que é Arte? O que a arte difere de outras técnicas inventadas pelo engenho humano? O que o canto dos homens se diferem do canto dos pássaros? As artes, no decorrer da história, tiveram várias funções e que foram se modificando de acordo co…

SOBRE NARCISISMO EM REDE SOCIAIS

Olá pensadores! Olá pensadoras ! Tudo bem com vocês? Espero que sim! O tema de hoje eu acredito que vai mexer com cada um de nós, pois, cada um tem seu momento de narcisismo e com as redes sociais em alta isso mais do que nunca está aflorado e nítido .
Mas, para começar acredito que muita gente ainda não sabe o que é narcisismo, logo, irei começar a contar o mito de Narciso. Existem várias versões desse mito mas, a que mais se encaixa no tema e essa:

Quando Narciso nasceu, sua mãe consultou o adivinho Tirésias que lhe predisse que Narciso viveria muitos anos desde que nunca conhecesse a si mesmo. Narciso cresceu tornando-se cada vez mais belo e todas as moças e ninfas queriam seu amor, mas ele desprezava a todas. Certo dia, enquanto Narciso descansava sob as sombras do bosque, a ninfa Eco se apaixonou por ele. Porém tendo-a rejeitado, as ninfas jogaram-lhe uma maldição: - Que Narciso ame com a mesma intensidade, sem poder possuir a pessoa amada. Nêmesis, a divindade punidora, escutou …

A JORNADA DO HERÓI: JESUS CRISTO

Quem nunca gostou de ouvir, lê ou assistir história de heróis ?
Há milênios contamos histórias que falam de personagens   que foram peças importantes, e até hoje estão marcados na memória de cada um que as conhece, geralmente essas histórias estão cheias de ação emoção, pois elas estão cheias de ingredientes  que preenchem a nossas expectativas.
Na maioria das vezes o personagem principal deve superar algumas etapas para se demonstrar como verdadeiro herói, independente da cultura ou do mito que será contado, sempre o herói têm um ciclo a ser seguido isso desde a história mais antigas de Homero e Hesíodo com seus contos até as aventuras da DC e MARVEL.
Pensando nisso  o estudioso e especialista em mito Joseph  Campell cria um modelo de como seria passo a passo do percurso de transformação do homem comum em Herói com todas as provações que surgem no caminho. A jornada do herói e muito utilizada em roteiros de cinema e seriados, e livros de super-heróis, e o meu principal objetivo(e de…