Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2017

ESPIRITUALIDADE SEGUNDO JUNG

O texto de hoje vai ser um pouco ousado, vou entra em uma área que não tenho muito conhecimento que é área da psicologia, mas, ao mesmo tempo boa parte  dos psicanalistas e psicólogos que tiveram uma linha de raciocínio diferente dos demais são considerados filósofos, isso aconteceu com Freud, Victor Frank e com o inspirador do tema de hoje: Carl Gustav Jung, mas, hoje irei falar especificamente seu pensamento sobre espiritualidade.  Jung nasceu nasceu em Kessil na Suíça em 26 de Julho de 1875 e estudou medicina  na Universidade da Basileia, e sua tese de doutorado foi sobre "A psicologia dos fenômenos ditos ocultos". Suas principais obras são: Metamorfose e símbolos do libido, Tipos de psicológicos, O eu e o inconsciente, Problemática da vida moderna, A realidade da alma, Lembrança, sonhos e pensamentos, e os mais famosos: Correspondências com Freud e O livro vermelho. Jung morre aos 86 anos no dia 6 de Junho de 1961.
 Talvez ninguém dos pensadores ou dos analistas moderno…

RESPONSABILIDADE COM A MINHA EXISTÊNCIA É RESPONSABILIDADE COM O OUTRO

Desde quando nós começamos a  aparecer nesse planeta, nós tentamos dar resposta para essa pergunta: O que eu estou fazendo aqui? Um dia, milhares de anos atrás sentados ao redor de uma fogueira perto de uma caverna nós olhamos para céu e tentamos encontrar nas estrelas a respostas para nossa existência, então nós começamos a criar a nossa mitologia, uma sabedoria muito séria e profunda que nos deram pistas para entender (ou pelo menos conforta-nos) esse enigma. Mais para frente nós fomos buscar no raciocínio e na filosofia uma outra resposta interessante quando  então nós nos deparamos com alguns paradoxos da existência humana que até hoje nos desafiam, filósofos do século XIX e século XX como Heidegger, Nietzsche e Sartre buscaram entender o que era essa existência, sendo assim, dá-se origem ao ramo da filosofia  que eu particularmente  mais gosto a qual chamamos de existencialismo ou de filosofia existencialista. Esse ramo da filosofia tem como prática nos ajudar a compreender como…

O QUE É O CÉU ?

Quando nós olhamos para o céu ,  nós não estamos vendo apenas estrelas, vemos também um testemunho da imaginação humana ao longo de quatro a seis mil anos, cada cultura, cada grupo e cada etnia projetou no céu uma série de ideias uma série de expectativas e principalmente criando  uma coisa que é a mais bonita na filosofia: A ideia do cosmo e totalidade ou na linguagem filosófica cosmologia . A começar pelos gregos que olharam para o céu , e viram aquilo que se tornariam as constelações e virariam seus heróis seus deuses e suas aventuras que acontecia no seu imaginário projetada lá no céu,  vemos isso muito nas obras de Homero e Hesíodo.
Na idade Média o ocidente também povoou o céu com seu imaginário, o céu agora não é mais a morada dos deuses gregos e sim do único Deus, O Deus cristão e chamamos esse céu de paraíso, e temos que ele é merecimento de boas aventuranças nessa vida. E se Existe um céu em cima existe também o céu embaixo, e a cosmologia trata disso,logo, se decidiu que o…