Pular para o conteúdo principal

O QUE É O CÉU ?

Quando nós olhamos para o céu ,  nós não estamos vendo apenas estrelas, vemos também um testemunho da imaginação humana ao longo de quatro a seis mil anos, cada cultura, cada grupo e cada etnia projetou no céu uma série de ideias uma série de expectativas e principalmente criando  uma coisa que é a mais bonita na filosofia: A ideia do cosmo e totalidade ou na linguagem filosófica cosmologia .
A começar pelos gregos que olharam para o céu , e viram aquilo que se tornariam as constelações e virariam seus heróis seus deuses e suas aventuras que acontecia no seu imaginário projetada lá no céu,  vemos isso muito nas obras de Homero e Hesíodo.
Na idade Média o ocidente também povoou o céu com seu imaginário, o céu agora não é mais a morada dos deuses gregos e sim do único Deus, O Deus cristão e chamamos esse céu de paraíso, e temos que ele é merecimento de boas aventuranças nessa vida. E se Existe um céu em cima existe também o céu embaixo, e a cosmologia trata disso,logo, se decidiu que o inferno seria embaixo, esse conceito vem do pensamento grego que acredita que havia um lugar de penúria para as almas a qual se dava o nome de Tártaro.
Na idade moderna muitas dessas questões começaram a se transformar porque não olhamos mais para o céu com a razão da mitologia grega, nem com a razão religiosa,no entanto, começamos a ver o céu com a razão científica. Isso aconteceu no momento em que Galileu Galilei usa um telescópio para olhar para o céu, logo ao invés de ver deuses e anjos ele vai olhar para o céu  como um imenso mecanismo que pode explicar também a terra, portanto, deixa de ser um mistério para ser algo a ser explorado.
Chegando no século XX  ao ponto mais radical, porque começamos não só a olhar para o céu e imaginar o que tem nele, nós vamos para esse céu e explorar!! Tem gente até hoje que não acredita que o homem foi a lua. Nós tentamos mapear esse céu e nos damos conta de uma coisa; ao deparar com a grandiosidade do universo voltamos ao pensamento dos Gregos antigos: A ideia de infinito, vemos que esse céu não têm fim,e pode ser que nem tenha um começo, então chegamos ao limite da razão humana, porquê nossa pobre razão ela é incapaz de perceber a ideia do infinito, e paradoxalmente entre a nossa cosmologia hoje: cientifica, exatas, biomédicas e humanas precisa, e aquelas cosmologias antigas ; ambas chegam a ter um ponto em comum:  E que tanto hoje o cientista mais avançado dos problemas espaciais, quanto o primeiro homem das cavernas olho para o céu e resolveu registrar as estrelas tem o mesmo problema: É entender a proporção que existe entre a nossa mente e o infinito.       (ADRIANO SOARES DE SOUSA)
          
         

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A ARTE IMITA A VIDA OU A VIDA IMITA A ARTE?

Olá pensadores, tudo bem com vocês? Comigo está tudo bem, e com imenso prazer que voltamos aqui para fala sobre qualquer assunto, pois qualquer assunto abrange o meio filosófico.


E hoje o tema será algo que está presente em toda a nossa vida " a arte" de vários meios e modos de acordo com o tempo e contexto social. Os seres humanos se diferenciaram dos outros animais(dizem os humanos) pela inteligência abstrata e linguagem simbólica de que são capazes. Tais capacidades possibilitam a criação de uma "segunda natureza", a CULTURA, uma das grandes criações humanas chama-se "ARTE" esta forma específica de conhecer, expressar e interpretar o mundo, mesmo o mundo que não existe, ou que existe apenas na imaginação do homem. Mas o que é Arte? O que a arte difere de outras técnicas inventadas pelo engenho humano? O que o canto dos homens se diferem do canto dos pássaros? As artes, no decorrer da história, tiveram várias funções e que foram se modificando de acordo co…

SOBRE NARCISISMO EM REDE SOCIAIS

Olá pensadores! Olá pensadoras ! Tudo bem com vocês? Espero que sim! O tema de hoje eu acredito que vai mexer com cada um de nós, pois, cada um tem seu momento de narcisismo e com as redes sociais em alta isso mais do que nunca está aflorado e nítido .
Mas, para começar acredito que muita gente ainda não sabe o que é narcisismo, logo, irei começar a contar o mito de Narciso. Existem várias versões desse mito mas, a que mais se encaixa no tema e essa:

Quando Narciso nasceu, sua mãe consultou o adivinho Tirésias que lhe predisse que Narciso viveria muitos anos desde que nunca conhecesse a si mesmo. Narciso cresceu tornando-se cada vez mais belo e todas as moças e ninfas queriam seu amor, mas ele desprezava a todas. Certo dia, enquanto Narciso descansava sob as sombras do bosque, a ninfa Eco se apaixonou por ele. Porém tendo-a rejeitado, as ninfas jogaram-lhe uma maldição: - Que Narciso ame com a mesma intensidade, sem poder possuir a pessoa amada. Nêmesis, a divindade punidora, escutou …

A JORNADA DO HERÓI: JESUS CRISTO

Quem nunca gostou de ouvir, lê ou assistir história de heróis ?
Há milênios contamos histórias que falam de personagens   que foram peças importantes, e até hoje estão marcados na memória de cada um que as conhece, geralmente essas histórias estão cheias de ação emoção, pois elas estão cheias de ingredientes  que preenchem a nossas expectativas.
Na maioria das vezes o personagem principal deve superar algumas etapas para se demonstrar como verdadeiro herói, independente da cultura ou do mito que será contado, sempre o herói têm um ciclo a ser seguido isso desde a história mais antigas de Homero e Hesíodo com seus contos até as aventuras da DC e MARVEL.
Pensando nisso  o estudioso e especialista em mito Joseph  Campell cria um modelo de como seria passo a passo do percurso de transformação do homem comum em Herói com todas as provações que surgem no caminho. A jornada do herói e muito utilizada em roteiros de cinema e seriados, e livros de super-heróis, e o meu principal objetivo(e de…