MEU PAU TE AMA: DIFERENÇA ENTRE SEXUALIDADE E GENITALIDADE

 Hoje o tema é um pouco polêmico! Polêmico não em si, mas, muitas pessoas não sabe lidar e falar disso de forma aberta, acredito que não é por culpa delas, mas, pela falta de informação ao longo da vida, iremos falar de sexualidade e genitalidade; as diferenças e o que completa uma na outra e o que a separação de ambos pode causar.
 Geralmente há uma serie de confusões quando o assunto é o corpo humano e o seu relacionamento com outros corpos humanos. E primeiramente para compreender melhor o que será escrito aqui  é preciso deixar de lado todo preconceito, religioso ou moral, para ter uma visão secularizada e neutra. Sem com isso , estar desvalorizando esses tipos de abordagens que possuem sua contribuição na sua área específica.  
   Antes de Freud tinha-se a ideia de sexualidade era reduzida apenas em ato sexual e ele servia apenas para procriar , com o desenvolvimento de suas teses abrangeu-se o tema descobrindo que a sexualidade começa na infância com três fases: Oral, Latência, e fase genital,(um dia irei convidar alguém da área para explicar melhor) com esse estudos (ensaios de Freud) ampliou-se a ideia de sexualidade, digo isso entre aspas porque no geral a única coisa que aconteceu de fato que continuamos com a ideia primitiva que sexualidade é só ato sexual, mas com uma pequena diferença : Se antes vimos isso de forma oculta porque tinha-se que o ato sexual era pecado, hoje ele é feito de formar desenfreada e sem muita responsabilidade.
  Então, o que é sexualidade? Isso todo ser humano têm, eu, você, seu namorado(a), o Pe.Fabio de Melo, enfim, todos nós temos. É um conceito que não abrange apenas as características biológicas, envolve: O corpo no todo e a mente.  Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde)" É uma energia que nos motiva a procurar o Amor é ternura, intimidade que se integra no modo que nós sentimos, quando tocamos e somos tocados, é ser sensual e ao mesmo tempo ser sexual. A sexualidade influência pensamentos, sentimentos, ações e interações e, por isso, influência também a nossa saúde física e mental.
 Dando conceito a sexualidade o que seria então a Genitalidade?  Genitalidade é uma atenção voltada para as características genitais. Nessa visão, bastante reducionista, o indivíduo foca apenas no prazer genital e acaba não reconhecendo as várias fontes de prazer para sua vida.
Se você perceber a todo tempo somos induzidos a resumi nossa vida na genitalidade, nas músicas, nos filmes, nos comerciais, e não sei se já perceberam que toda conversa que temos seja ela na escola, na faculdade, ou até mesmo no trabalho o assunto sempre termina em sexo? Todo mundo quer saber quem comeu quem ?
Infelizmente, muitas das vezes por falta de conversar isso em família ou na escola até porque não temos formação adequada e equilibrada para falar disso, ou se ensina de uma forma repressora ou se ensina de uma forma liberal, vivemos uma forma errada de sexualidade. Wilhelm Reich  psicanalista austríaco (1897-1957) disse que se tivermos um auto conhecimento é possível sim viver uma boa genitalidade, pois ela vai ser consequência da minha maturidade física emocional e afetiva.
E sem contar que o impulso exagerado em ter relações sexuais é doença e precisa ser tratado. E quando eu sei que minha compulsão é uma doença? Assim como todos os vícios, a partir do momento que você senti, não mais prazer, mas, sim uma necessidade  é caracterizado doença; em mulheres   da-se  o nome de Ninfomania e podemos ver no cinema. Indico dois filmes: O primeiro e A DAMA DA LOTAÇÃO com Sônia Braga e Nuno Leal Maia, retrata a estória de uma mulher que mesmo casada tem compulsão de transar com outros homens de forma exagerada, o outro é a Ninfomaníaca que é basicamente a mesma estória. Recentemente a modelo e empresária Núbia Oliver disse que procurou tratamento após se sentir mal ao transar com 5 homens na mesma noite.
Como vivemos em uma sociedade machista o homem também sofre dessa doença mas, não é olhado como enfermidade. No homem da-se o nome de Satiríase e temos dois casos bem famosos: O primeiro e do jogador de golf Norte- Americano Tiger Woods que assumiu sua doença após ser delatado por uma de suas amantes  na TV  e outro é do ator Arnold Schwarzenegger que foi pego em flagrante por sua esposa quando ele estava com a sua empregada. O tratamento é feito a base de anti-depressivo que diminui o libido e não vai ser vergonha nenhuma procura a ajuda psicológica.
 Bem, visto que o ser humano é sexualidade da cabeça aos pés, visto que afetividade não se limita somente no pênis ou na vagina. Ter uma vida sexual intensa, não é sinônimo de ter uma vida realizada enquanto ser humano; é parte disso, não pode ser o centro de todas as nossas ações, no entanto,não pode ser descarta-la, apenas não se deve reduzi-la. Nesse sentido, respeitar as diferenças e reconhecer que o outro é muito mais que uma matéria (corpo) pois, menos que não creiam em alma ele possui um intelecto que o define e é responsável pelas suas escolhas que forma sua essência.
(ADRIANO SOARES DE SOUSA)      
    
              
  

Postagens mais visitadas