Pular para o conteúdo principal

QUAL É SEU CONCEITO DE VERDADE????

 Quem nunca compartilhou alguma coisa na internet com alguém porque achou o título interessante? Eu faço muito isso! As vezes eu nem vi o vídeo, mas, li o tema e lembrei de uma pessoa que se simpatiza com assunto e compartilho e isso não é o certo, pois , quando compartilhamos algo com alguém damos o nosso selo de aprovação, ai vêm a seguinte pergunta será que tudo aquilo que compartilhamos é verdade? Esse texto foi inspirado no vídeo do Rafinha Bastos aonde ele nos questiona o que compartilhamos na internet é verdadeiro ou falso? Segue o link aqui do vídeo https://www.youtube.com/watch?v=tGvKEICwVvo&index=23&list=PLhwuS2XYcJ3tegwHSk9H3NjBk-CRu6aBP
 Hoje o Facebook está mais rigoroso para ver a veracidade do que está sendo compartilhado, é muita notícia que muitas das vezes não passa de boato, e não só no face, mas também no Whatsapp e vou dar um exemplo bem simples.
 No final do ano passado meu Whatsapp choveu de uma noticia ameaçadora, quem é de Belo Horizonte e área metropolitana vai lembrar: A noticia era que o Shopping Estação da região de Venda Nova estava prestes a desmoronar devido a erros de engenharia, bem ,já estamos caminhando para o meio do ano e o shopping continua de pé.
Bem! E fora das redes sociais será que tudo aquilo que ouvimos e repassamos é verdade? Seja no ambiente da sua casa ,ou do seu trabalho, ou da sua escola ou faculdade ?
É claro que não temos essa preocupação o tempo todo, mas, a filosofia nos lembra que cultivar a verdade é uma das coisas mais importantes que podemos aprender para pensar como um filósofo, e a filosofia ela não é difícil , mas é dura , e porquê ela é dura? Porque ela nos confronta com as nossas atitudes cotidianas, e elas nos desafia a ver nossas atitudes cotidianas, como por exemplo compartilhar coisas que ouvimos no dia a dia ou em uma rede social é verdade ou não.
 E isso tem nome mesmo que você faça  em uma rede social chama-se fofoca e cá entre nós por mais que você fale que não goste de falar da vida alheia, volta e meia sai um "comentário" da vida  de fulano ou de ciclano e fazer isso não é a melhor coisa que fazemos, pois, ao fazer isso nós colocamos em risco a reputação, a vida, o sentimento e as emoções de muitas outras pessoas. Pensa quantos outros conflitos poderíamos ter evitado na nossa vida pessoal se não tivesse falando o que ouviu falar de alguém, ou se alguém tivesse ouvido falar ao nosso respeito.
Sobre o exemplo que citei do shopping as vendas reduziram consideravelmente e com isso vem os cortes de gastos acompanhado de desligamentos de funcionários, quem inventou esse boato não pensou nisso.
Descobrir a verdade é uma tarefa filosófica quase que impossível, é muito difícil e precisamos de um treinamento intensivo para isso, aliás alguns filósofos como os sofistas vão falar que a verdade é relativa para Sócrates a verdade está no seu interior já Nietzsche vai nos falar que a verdade em si não existe, no entanto, nenhum filósofo deixa de lembrar que a busca pela verdade não é simplesmente reproduzir algo que nos falaram , mas sim é uma das coisas mais significativas que devemos fazer, e podemos começar a fazer isso nos questionando com a seguinte pergunta o que é que eu sei? Tudo isso que eu acho que eu sei eu tenho certeza? Quem me falou? De onde vem a minha verdade?
A filosofia não irá te pergunta se as coisas são verdades ou não( até vai, mas, não nesse ponto) mas, a pergunta que a filosofia vai lhe fazer é a seguinte: De onde vem aquilo que você chama de verdade? Se nós começarmos a examinar as nossas próprias crenças e as nossas próprias convicções, nós vamos dar um grande passo em busca de algum pensamento filosófico, talvez assim podemos pensar duas vezes antes de espalhar aquilo que ouvimos de alguém ou que vemos na internet. Quanto a esse texto você pode compartilha-lo ele é de verdade.
(Adriano Soares de Sousa)                  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A JORNADA DO HERÓI: JESUS CRISTO

Quem nunca gostou de ouvir, lê ou assistir história de heróis ?
Há milênios contamos histórias que falam de personagens   que foram peças importantes, e até hoje estão marcados na memória de cada um que as conhece, geralmente essas histórias estão cheias de ação emoção, pois elas estão cheias de ingredientes  que preenchem a nossas expectativas.
Na maioria das vezes o personagem principal deve superar algumas etapas para se demonstrar como verdadeiro herói, independente da cultura ou do mito que será contado, sempre o herói têm um ciclo a ser seguido isso desde a história mais antigas de Homero e Hesíodo com seus contos até as aventuras da DC e MARVEL.
Pensando nisso  o estudioso e especialista em mito Joseph  Campell cria um modelo de como seria passo a passo do percurso de transformação do homem comum em Herói com todas as provações que surgem no caminho. A jornada do herói e muito utilizada em roteiros de cinema e seriados, e livros de super-heróis, e o meu principal objetivo(e de…

SOBRE NARCISISMO EM REDE SOCIAIS

Olá pensadores! Olá pensadoras ! Tudo bem com vocês? Espero que sim! O tema de hoje eu acredito que vai mexer com cada um de nós, pois, cada um tem seu momento de narcisismo e com as redes sociais em alta isso mais do que nunca está aflorado e nítido .
Mas, para começar acredito que muita gente ainda não sabe o que é narcisismo, logo, irei começar a contar o mito de Narciso. Existem várias versões desse mito mas, a que mais se encaixa no tema e essa:

Quando Narciso nasceu, sua mãe consultou o adivinho Tirésias que lhe predisse que Narciso viveria muitos anos desde que nunca conhecesse a si mesmo. Narciso cresceu tornando-se cada vez mais belo e todas as moças e ninfas queriam seu amor, mas ele desprezava a todas. Certo dia, enquanto Narciso descansava sob as sombras do bosque, a ninfa Eco se apaixonou por ele. Porém tendo-a rejeitado, as ninfas jogaram-lhe uma maldição: - Que Narciso ame com a mesma intensidade, sem poder possuir a pessoa amada. Nêmesis, a divindade punidora, escutou …

A DEPRESSÃO E SUA BANALIZAÇÃO NO MUNDO ATUAL

A depressão é um distúrbio afetivo que acompanha a humanidade ao longo de sua história. O conceito patológico , entre os sintomas, ha presença de tristeza, pessimismo, baixa autoestima que aparecem  muitas das vezes compiladas.
Ao contrário do que normalmente se pensa os fatores psicológicos e sociais, são consequência e não a causa da depressão.
Mas o quero ressaltar aqui e a banalização dessa doença que é tão seria e que se não for tratada pode levar a morte, sim! morte!!! De acordo com a OMS(Organização Mundial de Saúde) a depressão atinge hoje quase 7% da população mundial cerca de 400 milhões de pessoas.
Vendo que o assunto é sério atualmente a depressão e colocada como algo  banal e muitas das vezes a pessoa que apresenta essa patologia e encarada como fazedora de manha,que está com frescura e o pior é aquele que fala: "nossa, isso é falta de Deus" se fosse assim padre e pastores não entrariam nunca em depressão. Muitas das vezes nas redes sociais esse termo é banali…