O MEDO

   Olá pensadores, tudo bem com vocês? Espero que sim! Confesso que hoje estava um pouquinho desanimado para escrever, mas, eis-me aqui! E quero começar com a seguinte pergunta: Do que você têm medo? E não vêm com essa conversa que não tem medo de nada, pois, todo mundo têm medo de algo ou de alguma coisa, como já dizia a música da dupla Teodoro & Sampaio : "Quem tem c*@# tem medo".
  O medo faz parte da vida humana, porque nós o identificamos  no momento que sabemos que somos limitados. Há sempre uma expressão do medo onde há um limite. Nós aprendemos isso na vida prática , não só na teoria, você pode ler nos livros , nos blog's ,ver vídeo na internet, mas, vai aprender e sentir o medo na prática do dia dia,  você deve ter experimentado muitas vezes, quando você se sentiu pequeno diante da vida ( e assim que me sinto nesse momento). Diante dos acontecimentos, quando a vida parece ser grande de mais para caber no teu coração, logo, você tem medo do futuro, do dia de amanhã, você tem medo das pessoas e o pior você têm medo de você mesmo, sendo assim você tem medo de enfrentar situações, você têm medo de cruzar fronteiras, de ir para outros lugares, de recomeçar um novo tempo, você já teve medo de lidar com muitas coisas: Relacionamentos,amizades, trabalho, estudos, você tem medo de altura de insetos de outros tipos de animais, você tem medo de errar. Todos nós temos medo, é universal , e não tem problema algum em sentir medo, alguns psicólogos afirmam que o medo faz parte do nosso processo de sobrevivência,  logo, se estou vivo hoje é por que sinto medo, pois, o medo nos ajuda a ter cuidado com as coisas , mas ele pode se transformar no obstáculo para nossas realizações a partir do momento que eles são maiores que nós.  Quando ele começar a reger a nossa vida; o medo se transforma em uma reação nociva . Ele vai impedir de alcançar muitas coisas, muitos objetivos , pois tivemos medo de arriscar, pode ter sido uma troca de emprego,ou ter falado "eu te amo" no momento oportuno, tudo isso não aconteceu por medo de arriscar, de ter ido além. 
   Sabendo disso, vem a pergunta: Como lidar com o medo? Na vida é preciso ter raízes e não âncoras, e qual é a diferença? Bem, a raiz te alimenta e âncora te mobiliza. A pessoas que têm Âncoras  estão aprisionadas, estáticas no mesmo lugar, por medo de ir além, por isso o medo deve ser enfrentado,portanto, há necessidade de ter coragem , e que fique bem claro que coragem não é ausência de medo e sim coragem de enfrentar o medo. 
  Existem pessoas que dizem que não têm medo, essas não são pessoas corajosas , são pessoas inconsequentes.  E trazendo definição de medo, ele deve ser encarado como sinal de alerta, se tenho medo de barata devo ter o cuidado de dedetizar minha casa, se eu tenho medo de bater o carro irei dirigir com cautela ,se tenho medo de não ter dinheiro no futuro, começo a poupar a partir de hoje, portanto o medo não pode me paralisar , mas , fazer que eu tenha uma atitude de prevenção.  Não sejamos como água parada em um copo, além de estar estática no copo ela se conforma com formato dele e se ficar ali durante muito tempo além de feder , vai criar lodo, te convido a se transbordar, ir além da borda do formato do copo e se derramar na vida.
  Caso você tenha algum medo prático na qual chamamos de fobias entre em contato comigo , que posso indicar profissionais da área que vão lhe ajudar: Meu facebook é Adriano Soares de Sousa, meu instragam é soaresdesousaadriano e meu twitter é @AdrianoSoaresbh.   
Espero que tenha gostado do artigo e encontro vocês na próxima semana e não deixe de seguir-me no blog. Um Abraço a todos!
(Soares de Sousa, Adriano)               
                
   

Postagens mais visitadas