DARTH VADER : O LADO NEGRO DA FORÇA

Olá pensadores ! Olá pensadoras! Tudo bem com vocês? Espero que sim! E já começo esse texto com muita empolgação, pois, nessa semana estreou nos cinemas o filme "Star Wars : Os últimos Jedi".
Eu particularmente gosto dos filmes da primeira saga, mas, essa nova trilogia não fica de fora e é muito  boa.
E falar de Star Wars sem citar ele que assim como o Coringa que citei semanas atrás,  é um dos nossos malvados preferidos; não teria graça, portanto o texto dessa semana será sobre ele: Darth Vader, e vou tentar explicar aqui por que ele escolheu ir para o lado  negro da força.
Talvez , nenhum vilão da história do cinema seja mais icônico ou mais importante para uma franquia. Mas, o que será que nós faz ficar tão interessados nesse vilão? Seria a voz sedutora de James Earl Jones? Ou sua Armadura irada de samurai das galáxias? Ou sua propensão a usar a força para enforca seus adversários? Pode ser que a descida para o lado negro da força de Anakin Skywalker ressoe tão forte porque, assim como ele é algo que todos nós enfrentamos: O medo da morte que consome a todos.
Por meio  de Vader, Star Wars explora duas repostas filosóficas diferentes para morte. Ao explorar , podemos entender como esse moleque reclamão se tornou o Lord dos Sith.
O que vai transformar Anakin Skywalter em Darth Vader é o medo , especificamente o medo da morte.
Em seu livro de 1973 que tem o nome " A negação da morte" o antropologista Ernest Backer argumenta que quase tudo que fazemos é uma forma de gerenciarmos o medo de morrer, nosso e dos outros ao nosso redor.  Essa ansiedade conhecida como negação da morte , é especialmente presente em Darth Vader, e tem sua origem na sua infância.
Quando encontramos Anakin Skywalter pela primeira vez , ele é um garoto de 9 anos implausivelmente   sábio e articulado, um gênio com habilidades super-humanas de pilotagem. Ele é o produto de um nascimento de uma virgem , e é mais inteligente que qualquer adulto ao seu redor e há uma profecia que ele seria o "messias" Ah! por sinal a aptidão à força pode ser medida agora por midichlorians, (deve ser assim que se escreve) , logo podemos estabelecer que desde o começo Anakin é objetivamente mais poderoso que todo mundo .
Mas, mesmo o mais poderoso de todos os Jedi não e imune ao medo da morte.  A aflição de Anakin sobre a mortalidade de sua mãe .vai assombrá-lo e a medida que ele envelhece isso se torna uma fixação. Mestre Yoda percebe esse medo um problema para Anakin mais cedo ou mais tarde, isso pode explicar por que os Jedi ficam tão exitantes em treiná-lo, por causa de sua idade.
Pois, estudos apontam que quando mais cedo você saber educar uma criança a não temer a morte , menos ela terá medo.
Segundo o psicólogo James Graham , as crianças começam a entender da morte como algo permanente entre 5 a 9 anos de idade , mas segundo ele na mente da criança isso só acontece com pessoas bem velhas e chatas. Só depois dos 10 anos que crianças percebem que a permanência da morte vem para todos.
Anakin tem 9 anos e já e capaz de perceber a mortalidade de sua mãe e prestes a entender que também é um ser mortal.
O conselho Jedi acaba permitindo que Obi-Wan, treine, Anakin, mas, isso vem com um terrível custo , se o Jedi são treinados a partir de uma certa idade por causa de seu medo da morte, deve ter uma boa razão, De acordo com Ernest Becker  , a violência humana é uma reação  natural a negação da morte , como ele mesmo diz : "Apenas bodes expiatórios pode aliviar alguém do seu próprio medo da morte".
Matar dá as pessoas um senso de controle sobre isso, seja no campo de batalha, ou no homicídio. Para Anakin, isso é uma passagem de ida para o lado negro da força.
O roteiro original e sem cortes do episódio I  prevê que o medo de perder seus amados, Anakin vai tentar superar essa ansiedade "esmagando a morte" para ganhar um senso de controle sobre ela, ao invés de simplesmente ter menos medo.
Quando Anakin descobre que sua mãe foi mortalmente ferida pelo povo da areia , ele abate a vila inteira, esse tipo de vingança faz sentido de acordo com Becker, que argumenta que matar outras pessoas traz a ilusão de controle sobre a morte, evocando o medo do qual o conselho jedi o alertou.
Quanto mais Anakin mata , mais a morte parece algo que ele domina. Quando a mãe de Anakin morre, ele volta a ter pesadelo ; dessa vez que Padmé vai morrer no parto, logo ele se culpa pelas duas mortes da sua mãe depois que ele a deixou, e ele acredita que sua esposa vai morrer por que ele a engravidou.
É nesse ponto que Anakin tem um dilema sobre como lidar com a morte do jeito Sith, ou do jeito Jedi. Anakin vai até Yoda com suas dúvidas.  A resposta de  Yoda vem do estoicismo, de acordo com a filosofia estoica o desejo de escapar da velhice e da morte é um impulso humano perigosamente sedutor, o desapego de seus desejos é o único jeito de derrotá-lo.
Aliás, Mestre Yoda pratica o que ele prega: Quanto ele encontra sua própria morte em "O Retorno de Jedi", ele está tão tranquilo com o momento que aceita esse processo natural da vida.
Ernest Becker  vai chamar Mestre Yoda de "O cavalheiro da fé" um termo que ele pegou emprestado do filósofo Dinamarquês Soren Kierkgaard.
De acordo com Becker, ter uma fé real e autêntica  em algo mais poderoso que a morte é uma ótima forma de gerenciar o nosso medo de morrer , para Kierkgaard, isso significa fé em Deus. Para Yoda seu não- apego ao jaramanara é fundamento na sua fé no lado da luz da força.
De qualquer jeito, isso não é algo que você possa escolher, esse tipo de fé , nas palavras de Becker são uma "questão de graça não de esforço humano".
Anakin não tem a fé de Yoda , então ele vai até Palpatine  atrás de uma resposta.
A abordagem Sith é de abraçar seus desejos , nesse caso o desejo de prevenir a morte de Padmé, logo, negação da morte. Ao contar uma velha lenda sobre Darth Plagueis, o Sábio, Palpatine deixa escapar que o lado negro da força pode permitir que você derrote a morte.
Anakin então, decide e escolhe se tornar um Lord Sith, sob uma condição: Anakin sacrifica seu nome, sua lealdade ao Jedi , e mesmo sua consciência para aprender como proteger Padmé da morte.
Ao se recusar a aceitar a morte , Anakin toma um caminho de escuridão e isso fica mais forte no seu interior ao ponto de dominá-lo, ele mata criança , mata sua esposa e até tenta matar seu mentor.
Ele sacrificou completamente sua personalidade e valores para se torna um zumbi aprisionado em uma máquina.
Esse é o ponto final da negação da morte de acordo com Becker. Ele diz: "A pessoa busca evitar a morte, mas o faz matando o tanto de si mesmo , e um espectro tão grande em seu campo de ação que acaba se isolando e diminuindo a ponto de se ficar como morto".
Deixado sem ninguém para proteger da morte , Darth Vader se torna um instrumento de poder , e pouco além disso. Com isso em mente, podemos entender o que Obi-Wan estava fazendo no Episódio IV .  Se as prequelas foram a história de como a Ordem Jedi perdeu Anakin para Palpatine por causa de sua negação da morte , então pode se argumentar que a morte de Kenobi foi a meneira que Ordem encontrou de confrontar a escolha de Anakin. Isso fica evidente no duelo de sabre de luz na Estrela da Morte, não parece que Kenobi estava de fato tentando matar Vader.  Eles lutam por alguns minutos e então Kenobi se oferece como sacrifício. Vader brande o sabre de luz e então Kenobi e arrebatado. Poderíamos dizer que o primeiro filme tinha pouca verba pra efeitos especiais, mas Vader parece confuso pelo que acabou de acontecer, Kenobi exibiu o fato que ele tinha uma outra solução e isso tornava mais poderoso do que Vader poderia imaginar. Ver Kenobi estava pronto para encarar a morte ofereceu uma alternativa a negação da morte para Vader. Além disso, Sith não tinha descoberto a imortalidade.
No fim da vingança de Sith, descobrimos exatamente como Kenobi engana a morte, que fique claro que isso não significa conquistar a vitória sobre a morte no sentido tradicional, por que Kenobi e Yoda continuam tecnicamente mortos, isto está mais para transcender a morte. No filme eles podem interagir com os Jedis vivos assumindo a forma fantasma da força, portanto até Anakin se junta ao esquadrão depois que se redime.
A redenção de Anakin se dá através de seu filho e ele aprende a renunciar sua própria vida que e abraça  a realidade da morte e conquista a jaramarana.
Podemos concluir que a história de Anakin Skywalter que todos nós temos que viver. Jaramarana pode moldar nossa personalidade , extirpar nossos valores e nos motivar a fazer coisas terríveis.
Reforçando a teoria de Becker, a negação da morte é responsável pelo nosso desejo de sermos violentos,  uns com os outros, de conquistar e controlar o que vemos ao nosso redor . Impérios do mal tanto em Stars Wars como na vida real dá a sua existência  à nossa inabilidade de aceitar que somos mortais, mas , não importa o quanto de nós tenhamos investido na nossa negação, aceitar a realidade da morte , pode nos dar dignidade , construir nossa coragem e expandir nossa compaixão .
Nunca foi tarde para Vader e nunca será tarde para nós, enquanto você respirar vai ter lidar com a realidade da morte ou se negá-la é arriscar a ceder o lado negro.
(SOARES DE SOUSA, ADRIANO)                           
                                

Postagens mais visitadas