O QUE É BEHAVIORISMO ?

Olá pensadores! Tudo bem com vocês? Espero que sim! Hoje último final de semana do mês de Abril, será também  o último texto sobre psicólogos filósofos ( até segunda ordem) e vimos aqui várias escolas  de psicologia mas, estava faltando uma aliás, a mais popular de todas se tratando de Brasil , boa parte dos formandos de psicologia aderem a esse método de analise a qual é chamada de BEHAVIORISMO,  e será o tema de hoje.
O behaviorismo foi uma força dominante na psicologia por mais de cem anos . De Ivan Pavlov (1849-1936) a Burrhus Frederic Skinner (1904-1990), que negou que as pessoas tinham livre- arbítrio  ou autonomia moral. O behaviorismo, em formas ligeiramente diferente, dominou as pesquisas de pensamentos psicológico  por cinquenta anos. Para motivo de curiosidade behaviorismo vêm da palavra inglesa behavior , que inglês significa comportamento ou conduta.
Os behavioristas foram grandes inimigos dos psicólogos da Gestalt, dos psicanalistas e dos psicólogos humanistas. O fundador do behaviorismo,  John B. Watson, abandonou o que chamavam de "introspecção" .
O behaviorismo era a ciência que do que era possível, a exclusão de todo resto, observar e medir de maneira confiável: o comportamento. Essa abordagem celebrava o empirismo ingênuo.
As origens filosóficas do behaviorismo se fundamentam em vários movimentos filosóficos, como positivismo lógico e o empirismo britânico ( que veremos em breve). Os positivistas lógicos insistiam no princípio da verificação, segundo o qual os conceitos mentais na verdade se referem a tendências comportamentais, de modo que podem e devem ser especificados em termos de comportamento. Os empiristas britânicos insistiam que entendemos o mundo por meio da experimentação e da observação.
Os behavioristas que afirmam que sua psicologia é a psicologia do comportamento, argumentam que é possível compreender os processos psicológicos sem qualquer referência a eventos mentais internos como crenças ou memórias. Eles argumentam com fervor que todo vocabulário relativo a estados internos, mentais, pode ser completamente erradicado da psicologia e substituído por conceitos estritamente  comportamentais. O behaviorismo pretende ser conhecido como uma ciência natural como a física por exemplo .

BEHAVIORISMO CLÁSSICO

Essa abordagem desenvolveu seu próprio jargão. Assim, se cães e gatos forem alimentados depois de executar uma tarefa  como por exemplo empurrar uma alavanca ou se movimentar de uma determinada maneira quando um som é tocado ou uma luz é acesa, eles são propensos a repetir esse comportamento. Desse modo, ou o som ou a luz são estímulos discriminativos, realizar o movimento ou pressionar a alavanca são as respostas, a comida é o reforço e as ações repetidas são histórias de aprendizagem.

BEHAVIORISMO METODOLÓGICO

É uma doutrina que determina como conduzir pesquisas científicas, aceitáveis e empíricas. De acordo com essa abordagem, os eventos mentais internos são entidades privadas irrelevantes. O behaviorismo usa e abusa dos termo " análise experimental do comportamento". Existem vários trabalhos acadêmicos com esse termo.

BEHAVIORISMO RADICAL

Talvez seja a abordagem comportamental mais conhecida e tem como principal defensor B. F. Skinner. Ele escreveu romances sobre utopias behavioristas e criou a própria filha de acordo com rigorosos princípios de suas crenças. O behaviorismo radical não aceitava a existência e a experimentação de estados mentais. Além disso, essa versão do behaviorismo não aceitava que os sentimentos causam comportamento, mas sim que alguns comportamentos podem ser manifestações de sentimentos.

A TEORIA DA APRENDIZAGEM SOCIAL

Albert Bandura (1925) desenvolveu a teoria da aprendizagem social, também chama de teoria social-cognitiva, uma elaboração do behaviorismo puro ou radical. Como todos os behavioristas, ele enfatiza o papel de aprendizagem social, acreditando que só podemos realmente entender(e, portanto, prever)  o comportamento de uma pessoa quando levamos em consideração todos os fatores do ambiente ou contexto social físico no qual ela se encontra, por opção ou acidente.
A abordagem de Bandura inclui vários conceitos importantes. O primeiro conceito é aprendizagem observacional ou modelagem. A ideia é que muitas vezes aprendendo observando e imitando pessoas que agem como modelos. Dessa forma, obtemos um reforço indireto quando vemos outros sendo recompensados ou punidos por suas ações. Daí o poder da televisão e dos filmes para incentivar mudanças de comportamento ao mostrar atores atraentes e confiáveis realizando determinadas funções para receber recompensas.

Bem, espero que vocês tenham gostado e acompanhe aqui os outros textos que falo de "filósofos psicólogos" , não sou formado na área mais gosto muito do tema, e a psicologia está por toda parte na sociedade de hoje. Do programa de entrevista até o design do seu carro,tudo isso foi objeto de pesquisas psicológicas e foi influenciado por elas. Agradeço sua companhia e até semana que vem.
(Soares de Sousa, Adriano)
Referências bibliográficas:  O mito da liberdade, B.F Skinner.Sobre o behaviorismo, B.F. Skinner. Behaviorismo, J. B Watson.                

Postagens mais visitadas