A INSTITUIÇÃO DO PRECONCEITO

Olá pensadores e pensadoras! Tudo bem com vocês? Espero que sim! Mais uma vez nos encontramos e começo esse texto com a seguinte pergunta: Você é preconceituoso ? Se sua resposta é não, eu te reafirmo a pergunta: Você tem certeza? Provavelmente você já riu de uma piada sobre negro, ou já riu na época de escola das brincadeiras que faziam com os gordinhos(as) ou já estranhou quando viu um casal homossexual na rua ou fez um mal julgamento quando viu alguém que professa uma religião que o deus  não é o seu. Bem, se você já fez isso alguma vez na vida ou você ainda tem esse comportamento, sinto muito lhe dizer, mas você é preconceituoso.
Vivemos em uma época em que o mundo clama por diálogo e respeito mútuo, mas o discurso não está condizendo com os atos, sendo assim, estamos vivendo o tempo da intolerância sendo ela racial, homofóbica, machista, religiosa etc; e isso é simples diagnosticar : O preconceito, ele é instituído em nós e muitas das vezes nós não damos conta disso.  
É triste falar isso, mas em se tratando de Brasil o preconceito é normal, afinal  viemos de uma sociedade totalmente elitista, hierárquica e muitas das vezes ditatorial sobre a ótica herdada de nossos colonizadores, o problema é que não evoluímos nossa forma de pensar e ainda pensamos como se estivéssemos no século XVI.
O preconceito instituído  ele age de forma inconsciente e é uma tentativa de demostrar para as pessoas que boa parte delas têm preconceito, mas, não de forma deliberada e nessas pessoas há um discurso e uma conduta que não é preconceituosa, mas o impacto que ela tem ao longo do tempo interferi no modo dela pensar e enxergar a vida de uma forma preconceituosa.
Nós somos pessoas dotadas de inúmeros preconceitos mas não nos conceituamos  como pessoas preconceituosas e pode parecer besteira, mas não é , o fato e que esse preconceito que muitas das vezes é inconsciente faz com o que os grupos se repitam e é por isso que no curso de fisioterapia você vê mais mulheres, no curso de engenharia civil você vai ver mais homens, é por isso que nas empresas você vai ver no RH mais mulheres, nos cargos de alto escalão você vai ver mais homens brancos e héteros sexuais.
Portanto, a instituição o enraizamento do preconceito em nós, nos fazem tomar decisões onde você não enxerga o desvio que você comete ao tomá-las.
Vou dar um exemplo evidente, que muita gente falou, mas soou como vitimismo.
Na novela da Rede Globo de Televisão com o título de "O segundo sol" se passa na Bahia, aonde 82% de sua população é negra, mas você não vê isso retratado na novela , pelo que vi apenas 1% do elenco é negro, aliás se tratando da dramaturgia brasileira não retrata muito a realidade de seu povo, somos o segundo país com mais negros no mundo perdemos só para a Nigéria e só tivemos uma protagonista negra ( se eu não estiver enganado) até os dias de hoje.
Outro exemplo, os canais esportivos Fox Sport e ESPN, colocaram na sua grade, mulheres para narrar jogo de futebol, entrei no site do canal e o que eu vi foi um monte de cometários do tipo: "Eu não sou machista, MAS mulher narrando futebol não têm nada haver". Que absurdo! em pleno  século XXI estamos com dificuldade para estabelecer qual é o lugar da mulher, e o lugar da mulher é aonde ela quiser. 
No quesito religião vou citar dois exemplos, o primeiro vou citar uma experiência pessoal.
Cresci escutando de meus pais para não andar com fulano ou ciclano porque o seus pais eram "macumbeiros" e iam trazer maus fluídos para mim. Quando entrei no seminário percebi e aprendi que a partir do momento que eu conheço minha religião verdadeiramente eu respeito a do outro, pois , a minha religião prega acima de tudo amor ao próximo.
Outro exemplo são com os nossos irmãos muçulmanos, talvez por ignorância e falta de formação e informação assimilamos islamismo com terrorismo e não tem nada haver , tive o prazer de conhecer a mesquita em Brasília e foram muito respeitosos comigo e com os que me acompanhavam e existem extremistas do lado de lá existem extremistas do lado cá , mas como disse no texto passado o amor é o melhor diálogo.
O reconhecimento do problema, bem como compromisso com a construção de soluções está, portanto assumido. Resta agora a construção de caminhos e instrumentos que facilitem e impulsionem a condução desse processo. E , em que pese a antiguidade histórica do problema, as propostas e os caminhos desenhados para solucioná-los ainda são vagos, quando não inexistente. Para construí-los , será necessário criar um novo repertório de ações capazes de produzir resultados que de fato alcance e transformem o nosso cotidiano.
(Soares de Sousa, Adriano)
Referência bibliográfica : www.ibge.gov.br . /www.foxsports.com.br 
Foto: Arquivo pessoal
               
         

Postagens mais visitadas