QUAL É A MELHOR RELIGIÃO?

Olá pensadores e pensadoras! Tudo bem com vocês ? Espero que sim! Essa semana a igreja católica realiza as orações pela a unidade dos cristãos, prevendo o domingo de pentecostes, que é celebrado 50 dias após a páscoa, fazendo memória da manifestação do Espírito Santo sobre os apóstolos na festa das tendas do calendário judeu.
Bem, rezamos pela a unidade dos cristãos, mas infelizmente muitos confundem unidade com uniformidade, e nessa confusão ao invés de nos unirmos estamos nos separando cada vez mais, porque cada um pensa que o seu modo de ser igreja é o certo nessa vamos nos ramificando em novas denominações em novos movimentos e esquecemos do principal mandamento de Jesus: "Ame o próximo como a Ti mesmo" .
O sentido da palavra religião vêm do latim relegere que significa rever, revisitar e têm outro sentido ao qual eu gosto mais, que é do religare  que tem o sentido de religar, ativar, apertar ou ligar bem. A ideia de que caberia religião a atar os laços que unem a humanidade à esfera divina, mas acredito que esse sentido está sendo atualizado nos dias de hoje.
Hoje em dia as pessoas não procuram uma religião com a pretensão de se ligar ao ser divino, mas sim, buscam um entretenimento  algo mais intimista e individualistas, se você ligar a televisão na parte da manhã vai ver um discurso de prosperidade, de um Deus imediatista que resolve meus problemas em um piscar de olhos, o altar perdeu seu lugar para o palco, as músicas preenche meu ego, o líder religioso(seja padre ou pastor) se ele não for engraçado e não vira cambalhota ou não tiver atributos físicos que agrade meus olhos não serve, eu tenho que rir...eu tenho que chorar, sendo assim o culto religioso virou um show.
Diante dessa realidade, ser cristão perde um pouco o sentindo, pois não vivemos de fato o cristianismo na sua raiz, sabendo disso te faço uma  pergunta qual é a melhor religião?
Para tentar dar uma resposta trago duas narrativas bíblicas para nos ajudar a fazer um discernimento.
O primeiro está em Gênisis 11 1,9
E era toda a terra de uma mesma língua e de uma mesma fala.
E aconteceu que, partindo eles do oriente, acharam um vale na terra de Sinar; e habitaram ali.
E disseram uns aos outros: Eia, façamos tijolos e queimemo-los bem. E foi-lhes o tijolo por pedra, e o betume por cal.
E disseram: Eia, edifiquemos nós uma cidade e uma torre cujo cume toque nos céus, e façamo-nos um nome, para que não sejamos espalhados sobre a face de toda a terra.
Então desceu o Senhor para ver a cidade e a torre que os filhos dos homens edificavam;
E o Senhor disse: Eis que o povo é um, e todos têm uma mesma língua; e isto é o que começam a fazer; e agora, não haverá restrição para tudo o que eles intentarem fazer.
Eia, desçamos e confundamos ali a sua língua, para que não entenda um a língua do outro.
Assim o Senhor os espalhou dali sobre a face de toda a terra; e cessaram de edificar a cidade.
Por isso se chamou o seu nome Babel, porquanto ali confundiu o Senhor a língua de toda a terra, e dali os espalhou o Senhor sobre a face de toda a terra.


A segunda narrativa vamos achar em Atos 2 1, 12
E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar;
E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados.
E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles.
E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.
E em Jerusalém estavam habitando judeus, homens religiosos, de todas as nações que estão debaixo do céu.
E, quando aquele som ocorreu, ajuntou-se uma multidão, e estava confusa, porque cada um os ouvia falar na sua própria língua.
E todos pasmavam e se maravilhavam, dizendo uns aos outros: Pois quê! não são galileus todos esses homens que estão falando?
Como, pois, os ouvimos, cada um, na nossa própria língua em que somos nascidos?
Partos e medos, elamitas e os que habitam na Mesopotâmia, Judéia, Capadócia, Ponto e Asia,
E Frígia e Panfília, Egito e partes da Líbia, junto a Cirene, e forasteiros romanos, tanto judeus como prosélitos,
Cretenses e árabes, todos nós temos ouvido em nossas próprias línguas falar das grandezas de Deus.
E todos se maravilhavam e estavam suspensos, dizendo uns para os outros: Que quer isto dizer?


Vejamos, se você perceber na primeira narrativa todos falavam a mesma língua, mas no final começaram a falar línguas diferentes e se separaram. Já na segunda narrativa falavam línguas diferentes mas, foram compreendidos por todos.  E porque acontece isso? Simples, na primeira narrativa o povo tinha como objetivo construir uma torre para  serem como Deus, ou seja, havia um sentimento de arrogância, e quando há arrogância e prepotência as pessoas não falam a mesma língua.
Diferente na segunda narrativa aonde há o desejo de se aproximar do próximo, pois a experiência de amor que aqueles 12 homens viveram tinha que ser testemunhada e eles falavam com tanto amor e com tanta verdade, que aqueles que presenciaram mesmo sendo estrangeiros e falarem em outras línguas, começaram a entender.

Sendo assim, acredito que já temos uma resposta: A melhor religião é a linguagem do Amor! Jesus não veio aqui fundar uma nova religião sua missão aqui além de nos dar redenção, era revelar a face de um Deus que quer ser chamado de Pai. Viver uma experiência de presença do Espírito Santo é também viver uma experiência de amor , de encontro com meu próximo, independente da realidade social , cultural que ele vive eu consigo vê-lo como imagem e semelhança de Deus. Para quem é católico, mesmo quem não é ,convido um dia a irei a JMJ( Jornada Mundial da Juventude) irei relata meu breve testemunho de como vivi meu "Atos 2" no evento.
Estava em Madrid , caminhando rumo a vigília de encerramento, quando encontramos um grupo de italianos que cantava a seguinte melodia:" Attraverso le strade della vitta, non sei male solo, Conte con te sulla strada  Santa Maria non fala ", percebi a melodia da música e nosso grupo continuou  cantando: " Ó vem conosco, vem caminhar, Santa Maria vem", os franceses também começaram a cantar: Viens avec nous, viens et marche, Santa Marie vient . O canto se expandiu e cada um começou a cantar no seu idioma e os que estavam de fora pensavam: "Não são eles franceses, brasileiros, espanhóis, alemães e neo-zelandeses? Como isso foi acontecer?
Simples, havia ali apesar da diversidade um pensamento de amor.
Talvez você nunca irá a uma JMJ, mas na sua igreja? os membros falam a linguagem do amor ? Ou falam a linguagem da intolerância? E você na sua casa com seus filhos , com seus pais,com suas esposas ou maridos e com seus irmãos, está sendo torre de babel ou está vivendo em um cenáculo?
Chegou o tempo do povo de Deus sair de suas cavernas emocionais e parar de acha que servir a Deus e só ergue as mãos, e assumir sua identidade como cidadãos do Reino e ser protagonista neste mundo em trevas para que vejam a glória e a liberdade dos filhos de Deus! E como diz o Reverendo que pregou no casamento do Príncipe Harry hoje: O caminho é o Amor!!!!     
(Soares de Sousa, Adriano)   
Referência bibliográfica: Bíblia de Jerusálem. ed. Paulus
Foto: Arquivo pessoal                   
       

Postagens mais visitadas