O QUE A PARÁBOLA DO JOIO E DO TRIGO TÊM HAVER COM SÓCRATES?

Olá pensadores e pensadoras tudo bem com vocês ? Comigo está tudo bem graças a Deus ! Hoje falaremos de dois personagens que mudaram a história da humanidade e o que eles tem em comum. Estou falando de Sócrates ( não é o jogador do Corinthians) e Jesus Cristo ( momento de curiosidade para quem não sabe Cristo não é o sobrenome de Jesus, Cristo significa messias em grego ) .
Muito do que Jesus falou , foi dito muito antes por Sócrates, e minha intenção aqui não é diminuir um e exalta o outro e nem tirar de Jesus o seu senhorio, mas sim edificar a ambos e mostra o que eles disseram estão interligados.
A semelhança entre os dois são grandes os dois falavam nas praças, os dois arrastavam multidões, os dois tiveram discípulos  os dois não escreveram nada  e muito dos seus ensinamentos foram passados por seus discípulos, Sócrates foi pelo seu discípulo Platão através do livro "O Banquete" e Jesus tiveram os Evangelistas que registraram todas as suas passagens e para encerrar os dois questionaram a religião tanto que os dois foram condenados a morte injustamente , mais aceitaram a sentença sem reclamar. A diferença que Sócrates aceitou sua punição em favor da Pólis e pelo que ele acreditava e Jesus aceitou pela redenção de nossos pecados.
Os dois falaram muita coisa em comum e será isso que vamos comprovar agora  pegamos então o texto bíblico que está em Mateus 13, 24-30  a passagem e mais conhecida com a Parábola do Joio e do trigo que é mais ou menos assim:
" Propôs-lhes outra parábola, dizendo: O Reino dos céus é semelhante ao homem que semeia boa semente no seu campo;  mas, dormindo os homens, veio o seu inimigo, e semeou o joio no meio do trigo, e retirou-se.  E, quando a erva cresceu e frutificou, apareceu também o joio.  E os servos do pai de família, indo ter com ele, disseram-lhe: Senhor, não semeaste tu no teu campo boa semente? Por que tem, então, joio? E ele lhes disse: Um inimigo é quem fez isso. E os servos lhe disseram: Queres, pois, que vamos arrancá-lo?  Porém ele lhes disse: Não; para que, ao colher o joio, não arranqueis também o trigo com ele.  Deixai crescer ambos juntos até à ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: colhei primeiro o joio e atai-o em molhos para o queimar; mas o trigo, ajuntai-o no meu celeiro".     
 Você deve está pensando : Adriano mas essa parábola não é para falar da justiça e da paciência no reino de Deus que no fim dos tempos ira separar os bons dos maus ? Eu te respondo: Sim , mas quero ir além se percebemos o inicio do texto fala que o homem semeia a semente boa , mas quando esse homem dormia veio o inimigo e semeou a semente má , ao final do texto o dono da colheita diz que ira separar os dois somente no final irar separar os dois.
E eu te faço a pergunta em seu coração o que está crescendo mais? O joio ou o trigo? Sim! Eu sei que é uma visão intimista da parábola,  mas é para você refletir as vezes vivemos adormecidos e não percebemos que a semente do joio foi jogada em nosso solo sagrado e o cultivamos junto com o trigo. E no fim da nossa vida quem vai sobressair ? O trigo ou Joio?
Sócrates irá chamar isso de daimôn que seria a grosso modo nossa voz da consciência o que você faz de certo ou de errado,   e como se dentro de você existisse dois cães um bravo, e outro manso, o que vai latir mais alto é aquele que eu alimentar mais.
Sabendo disso espero que você deixe o trigo da parábola de Jesus sobressair mais do que o joio e que você alimente mais o cão manso e virtuoso de Sócrates . Até breve!
(Soares de Sousa, Adriano)     

Postagens mais visitadas