Pular para o conteúdo principal

FILOSOFANDO SOBRE A COPA PARTE 3: CONCLUSÕES FINAIS

Olá pensadores, tudo bem com vocês? Espero que sim! Comigo vai tudo bem graças ao bom Deus. E chegamos a uma marca histórica nesse blog, esse é o centésimo texto depois de dois anos e seis meses, postando textos semanalmente todo sábado e agora toda sexta-feira, só me resta agradecer meu muito obrigado a cada um de vocês que dedicam um pouquinho do seu tempo para divulgar ou ler meus post ,Deus abençoe  cada um de vocês.
Vamos ao que interessa ,e hoje em particular irei fala das minhas conclusões sobre a copa de 2018 .
Foi uma copa no minimo diferente aonde teremos um finalista inédito, a Croácia esse país de apenas cinco milhões de habitantes  e com apenas 28 anos de existência depois da extinção da Iugoslávia .
Do outro lado temos a juventude da seleção francesa e como diz o narrador global Luís Roberto " Esses negros maravilhosos que saem tabelando" , chegam pela terceira vez em nas seis últimas copas em uma final.
Essa copa também ficou claro que ninguém joga sozinho, fato é que os candidatos a serem protagonistas nas suas respectivas seleções não brilharam: Cristiano Ronaldo, Messi e Neymar ( esse terminou sendo ridicularizado )  já voltaram para casa.

Sobrou  então aquelas seleções que trabalharam o grupo afinal, futebol é esporte coletivo e se você olhar nos últimos mundiais o coletivo sobressaiu sobre o individual, a Espanha  campeã em 2010 não tinha o craque do time e sim uma boa seleção do goleiro ao atacante, a Alemanha campeã em 2014 foi a seleção a mesma coisa não teve um destaque individual e sim um trabalho em grupo.
Esse ano será a mesma coisa tanto a seleção croata como a seleção francesa, prezaram pelo coletivo e quem erguer o troféu no próximo domingo estará em boas mãos.
Talvez o que eu irei falar aqui você não concorde, mas isso que enfatizei nas outras seleções faltou na seleção brasileira.
Por mais que o Tite arrumou a casa ele não soube administrar o fora de campo da seleção, explico: Todo mundo viu que o Firmino estava em melhor fase que o Gabriel Jesus, então porque o Tite não o colocava de titular? Simples! Um dos patrocinadores da seleção era uma companhia de telefonia celular que era a mesma do Gabriel Jesus, logo aquela comemoração que ele liga para mãe dele tinha que aparecer o que ironicamente não apareceu, pois o mesmo saiu da copa sem fazer gol. O mesmo motivo  para o meio-campo Paulinho que fazia publicidade para a mesma operadora.
Em falar de arrecadação a CBF ( Confederação Brasileira de Futebol) arrecadou uma média de R$ 410 milhões de reais , eu gostaria de saber aonde esse dinheiro será investido já que para implantação do VAR  em nosso campeonato ela alegou falta de dinheiro.
Enfim, que essa copa sirva de exemplo para nós, não precisamos de uma seleção que jogue para um jogador, queremos um jogador que jogue pela e para uma seleção.
(Soares de Sousa, Adriano)         

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A JORNADA DO HERÓI: JESUS CRISTO

Quem nunca gostou de ouvir, lê ou assistir história de heróis ?
Há milênios contamos histórias que falam de personagens   que foram peças importantes, e até hoje estão marcados na memória de cada um que as conhece, geralmente essas histórias estão cheias de ação emoção, pois elas estão cheias de ingredientes  que preenchem a nossas expectativas.
Na maioria das vezes o personagem principal deve superar algumas etapas para se demonstrar como verdadeiro herói, independente da cultura ou do mito que será contado, sempre o herói têm um ciclo a ser seguido isso desde a história mais antigas de Homero e Hesíodo com seus contos até as aventuras da DC e MARVEL.
Pensando nisso  o estudioso e especialista em mito Joseph  Campell cria um modelo de como seria passo a passo do percurso de transformação do homem comum em Herói com todas as provações que surgem no caminho. A jornada do herói e muito utilizada em roteiros de cinema e seriados, e livros de super-heróis, e o meu principal objetivo(e de…

SOBRE NARCISISMO EM REDE SOCIAIS

Olá pensadores! Olá pensadoras ! Tudo bem com vocês? Espero que sim! O tema de hoje eu acredito que vai mexer com cada um de nós, pois, cada um tem seu momento de narcisismo e com as redes sociais em alta isso mais do que nunca está aflorado e nítido .
Mas, para começar acredito que muita gente ainda não sabe o que é narcisismo, logo, irei começar a contar o mito de Narciso. Existem várias versões desse mito mas, a que mais se encaixa no tema e essa:

Quando Narciso nasceu, sua mãe consultou o adivinho Tirésias que lhe predisse que Narciso viveria muitos anos desde que nunca conhecesse a si mesmo. Narciso cresceu tornando-se cada vez mais belo e todas as moças e ninfas queriam seu amor, mas ele desprezava a todas. Certo dia, enquanto Narciso descansava sob as sombras do bosque, a ninfa Eco se apaixonou por ele. Porém tendo-a rejeitado, as ninfas jogaram-lhe uma maldição: - Que Narciso ame com a mesma intensidade, sem poder possuir a pessoa amada. Nêmesis, a divindade punidora, escutou …

A DEPRESSÃO E SUA BANALIZAÇÃO NO MUNDO ATUAL

A depressão é um distúrbio afetivo que acompanha a humanidade ao longo de sua história. O conceito patológico , entre os sintomas, ha presença de tristeza, pessimismo, baixa autoestima que aparecem  muitas das vezes compiladas.
Ao contrário do que normalmente se pensa os fatores psicológicos e sociais, são consequência e não a causa da depressão.
Mas o quero ressaltar aqui e a banalização dessa doença que é tão seria e que se não for tratada pode levar a morte, sim! morte!!! De acordo com a OMS(Organização Mundial de Saúde) a depressão atinge hoje quase 7% da população mundial cerca de 400 milhões de pessoas.
Vendo que o assunto é sério atualmente a depressão e colocada como algo  banal e muitas das vezes a pessoa que apresenta essa patologia e encarada como fazedora de manha,que está com frescura e o pior é aquele que fala: "nossa, isso é falta de Deus" se fosse assim padre e pastores não entrariam nunca em depressão. Muitas das vezes nas redes sociais esse termo é banali…