Pular para o conteúdo principal

AS 5 VIAS DA EXISTÊNCIA DE DEUS DE SÃO TOMÁS DE AQUINO

Olá pensadores! Tudo bem com vocês? comigo está tudo bem graças Ao Bom Deus. E pelo título do texto vocês já viram que o tema do texto de hoje será Ele mais uma vez.
Eu sou formado em filosofia pela PUC-MINAS em 2011, e a formação que tive em filosofia tinha uma tendência maior a estudar os filósofos medievais, logo a base do curso era Santo Agostinho e São Tomás de Aquino(meu Deus!Fui doutrinado pela cultura cristã pregado nas universidades católicas e nem sabia[espero que tenha entendido a referência da piada]).
Acho que todo curso universitário  tem um professor que é figura carimbada e no nosso não foi diferente, tinha o Tomasi, ele tinha um certo ranço comigo porquê eu não colocava o que ele queria lê na prova, mas a ideia do autor estava lá, tentava argumenta com ele, mas não adiantou, resultado: Fui reprovado em metafísica. Hoje também é uma forma de homenageá-lo e dizer que aprendi direitinho da forma que ele ensinou.
São Tomás de Aquino Filósofo e teólogo dominicano italiano, escrevendo em latim, construiu no século XIII uma poderosa síntese do sistema pagão de Aristóteles(irei falar disso mais adiante) e do pensamento dos Padres da igreja. Sob uma forma renovada  e após uma história movimentada, o tomismo é uma filosofia ainda viva hoje em dia no seio cristão.
Tomás de Aquino vai trabalhar justamente os aspectos aristotélicos da filosofia, ele vai ser o primeiro a separar a fé da razão tentando dar um sentido para essas duas formas de saber e de conhecimento.
O que é interessante citar é que Tomás de Aquino vive em um contexto extremamente conturbado na Europa, era um contexto de mudanças porque, aquele mundo feudal e estagnado pelo qual o continente europeu passou na sua maior parte da idade média está começando a se desfazer e a se modificar. E muito da filosofia de Aquino vem justamente desse caos do ressurgimento das cidades e do ressurgimento do comércio por toda Europa. Se estudarmos a história da idade média saberemos que o comércio  não deixou de existir , mas não existiam grandes centros comerciais por toda a Europa, o comércio era concentrado em pequenas regiões do continente e surgiriam então, novas rotas que irão fazer uma intersecção e , justamente nesse mesmo lugar onde as rotas se unem nós veremos as cidades surgindo como centro comerciais significativos . Podemos também perceber a gênese do surgimento da burguesia que mais tarde iria assumir o poder na Europa. Mas, esse não é um texto de ascensão da burguesa, citei esse dados porque a filosofia tem muito haver com o momento em qual ela se desenvolve e talvez por isso Tomás de Aquino ele tente repensar essa relação entre fé e razão .
Santo Agostinho lá no século quinto no início do cristianismo ele estivesse tentando pensar em criar uma mitologia e criar uma ordem no momento ao qual ele vivia , mas diferente de Tomás ele vai mais pela fé do que pela razão, São Tomás de Aquino faz o caminho contrário , ele vem com uma visão mais aristotélica do que seria justamente mais da razão para chegar a fé. 
Aristóteles traz aquelas que chamamos as quatro causas do ser , e Tomás de Aquino lendo Aristóteles que chega até ele através de Averróis e Avicena que são dois pensadores árabes , ele transforma essas quatro causas em cincos vias da Existência de Deus; ao invés de pensar na causa dos seres, ele vai pegar O SER SUPERIOR que É DEUS e vai explicar o que seria provável na ideia de Deus.
São Tomás vai nos dizer que a ideia de Deus não é alto evidente , a ideia de Deus é muito confusa , e nós precisamos chegar nessa ideia através da razão (como já disse instantes atrás) porque as revelações divinas estão acima das revelações materiais, mas elas não se negam , não tem essa necessidade , elas são opostas , mas elas não se negam elas não se desfazem , não precisam entrar em conflito ,logo ele consegue ajeitar as suas ideias dentro de uma ideia só , e isso é maravilhoso na ideia de Aquino .
Vamos tentar agora explanar as cinco provas , chamada por ele de vias para provar a existência de Deus. Você vai perceber que essas vias elas se relacionam quase que diretamente com o conhecimento aristotélico .

1) PRIMEIRA VIA: ARGUMENTO DO MOVIMENTO

Podemos ver essa preocupação de Aquino com Aristóteles, pois assim como Agostinho cristianizou Platão, Aquino cristianizou Aristóteles. 
Aquino diz que sempre há um ser que move a existência de outro ser , mas se fomos mapeando isso para trás deve ter existido um ser que gerou mudança , mas ele mesmo não foi mudado e não foi movido por ninguém e esse ser para Tomás de Aquino só pode ser Deus. A teoria do Big Ben vai muito por esse caminho(um dia eu dedico a explicação dele em um texto.)

2) SEGUNDA VIA: CAUSA EFICIENTE 

É muito ligado na primeira via , pois para Tomás, Deus é causa eficiente, tudo é gerado por Ele , mas Ele mesmo não foi gerado por nada.

3) TERCEIRA VIA: ARGUMENTO COSMOLÓGICO

No argumento cosmológico Tomás de Aquino questiona como as coisas são : As coisas são o que são, mas elas poderiam ser completamente diferentes , as coisas digamos que elas tem uma forma específica o que revela, que, Deus seria essa entidade que tem um gosto específico para as coisas .
Vamos pegar como exemplo nós seres humanos como somos, das árvores como elas são, poderiam ser de outro jeito, de outras formas ou de outras cores mas, não,  as árvores  e nós somos como tínhamos que ser , mas poderíamos ser completamente diferentes , já que não somos completamente diferentes  isso prova que essa inteligência superior ela existe , e para Aquino essa Inteligência é Deus.

4) QUARTA VIA: ARGUMENTO DOS GRAUS EXISTENTES 

Esse argumento , mostra uma ideia de comparação, nós precisamos sempre de ter parâmetros para comparar o que é melhor e o que é pior , o que é maior e o que é menor e talvez há uma medida que padroniza todas as outras medidas , deve existir algo que todas as coisas podem se comparar, para nós buscarmos esse padrão de comparação deve-se ter essa entidade suprema que Tomás de Aquino chama advinha de que? Deus!!
A medida de todas as coisas não está no homem como diziam os sofistas, para Tomás o homem percebe essa medida , mas essa medida deve estar em Deus. Deus é o parâmetro perfeito de comparação .

5) QUINTA VIA: ARGUMENTO TEOLÓGICO 

Nesse argumento , Tomás nos mostra que todas as coisas tem uma finalidade , e todas as coisas tem um curso , e esse curso só pode ser definido também pelo ser primordial que Tomás de Aquino fala que é Deus. O que iremos chamar de Teleologia ( a busca de um fim) se na primeira via percebemos que vinhemos desse motor imóvel que move tudo, na última via percebemos que voltamos para esse Motor imóvel.
Enfim, percebemos que São Tomás de Aquino usa a razão e usa o mundo material para tentar nos mostrar algo existente ligado a fé. Então, é a fé mais raciocinada , mas no sentido que primeiro  vem o plano da razão e você deve está perguntando: Por quê ele faz isso ?  A resposta e simples, São Tomás queria combater os hereges, e ele dizia que os hereges usa a razão para desmitificar a fé ,então, vou batalhar com eles no mesmo campo que eles usam que é o campo  da razão. Porém, como toda pessoa que pensa a frente de seu tempo  ele não foi compreendido por quem ele defendia: A igreja católica censuro-o a legando que ele era herege em um tempo impregnado pelo platonismo. Posteriormente reconhecido pelo seu trabalho filosófico foi canonizado e proclamado santo 50 anos após sua morte.

(Sousa, Adriano Soares de )

Referência Bibliográfica: SUMA TEOLÓGICA, Tomás de Aquino, 8 volumes edições Loyola 
Imagens: Arquivo pessoal.
       

   

            
        

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A JORNADA DO HERÓI: JESUS CRISTO

Quem nunca gostou de ouvir, lê ou assistir história de heróis ?
Há milênios contamos histórias que falam de personagens   que foram peças importantes, e até hoje estão marcados na memória de cada um que as conhece, geralmente essas histórias estão cheias de ação emoção, pois elas estão cheias de ingredientes  que preenchem a nossas expectativas.
Na maioria das vezes o personagem principal deve superar algumas etapas para se demonstrar como verdadeiro herói, independente da cultura ou do mito que será contado, sempre o herói têm um ciclo a ser seguido isso desde a história mais antigas de Homero e Hesíodo com seus contos até as aventuras da DC e MARVEL.
Pensando nisso  o estudioso e especialista em mito Joseph  Campell cria um modelo de como seria passo a passo do percurso de transformação do homem comum em Herói com todas as provações que surgem no caminho. A jornada do herói e muito utilizada em roteiros de cinema e seriados, e livros de super-heróis, e o meu principal objetivo(e de…

SOBRE NARCISISMO EM REDE SOCIAIS

Olá pensadores! Olá pensadoras ! Tudo bem com vocês? Espero que sim! O tema de hoje eu acredito que vai mexer com cada um de nós, pois, cada um tem seu momento de narcisismo e com as redes sociais em alta isso mais do que nunca está aflorado e nítido .
Mas, para começar acredito que muita gente ainda não sabe o que é narcisismo, logo, irei começar a contar o mito de Narciso. Existem várias versões desse mito mas, a que mais se encaixa no tema e essa:

Quando Narciso nasceu, sua mãe consultou o adivinho Tirésias que lhe predisse que Narciso viveria muitos anos desde que nunca conhecesse a si mesmo. Narciso cresceu tornando-se cada vez mais belo e todas as moças e ninfas queriam seu amor, mas ele desprezava a todas. Certo dia, enquanto Narciso descansava sob as sombras do bosque, a ninfa Eco se apaixonou por ele. Porém tendo-a rejeitado, as ninfas jogaram-lhe uma maldição: - Que Narciso ame com a mesma intensidade, sem poder possuir a pessoa amada. Nêmesis, a divindade punidora, escutou …

A DEPRESSÃO E SUA BANALIZAÇÃO NO MUNDO ATUAL

A depressão é um distúrbio afetivo que acompanha a humanidade ao longo de sua história. O conceito patológico , entre os sintomas, ha presença de tristeza, pessimismo, baixa autoestima que aparecem  muitas das vezes compiladas.
Ao contrário do que normalmente se pensa os fatores psicológicos e sociais, são consequência e não a causa da depressão.
Mas o quero ressaltar aqui e a banalização dessa doença que é tão seria e que se não for tratada pode levar a morte, sim! morte!!! De acordo com a OMS(Organização Mundial de Saúde) a depressão atinge hoje quase 7% da população mundial cerca de 400 milhões de pessoas.
Vendo que o assunto é sério atualmente a depressão e colocada como algo  banal e muitas das vezes a pessoa que apresenta essa patologia e encarada como fazedora de manha,que está com frescura e o pior é aquele que fala: "nossa, isso é falta de Deus" se fosse assim padre e pastores não entrariam nunca em depressão. Muitas das vezes nas redes sociais esse termo é banali…