O PRIMEIRO CHAMADO: SER VOCACIONADO A VIDA

Olá pensadores! Tudo bem com vocês? Comigo vai tudo bem graças ao Bom Deus!
Começamos o mês de Agosto ao qual a igreja católica trabalha as vocações e pensando nisso o nosso Blog Filosofando o Dia a Dia  com a parceria da  PASCOM (Pastoral da Comunicação) da Paróquia Nosso Senhor dos Passos iremos trazer até vocês textos que trazem uma reflexão, com um conteúdo mais vocacional.
Durante todo esse mês de Agosto os textos aqui do blog tem o intuito de fazer você refletir sobre sua caminhada: realmente você está se sentido realizado com que você está fazendo? Espero que de agora em diante você lendo esses textos se encontre em teu caminho. Vamos começar?
A história de cada pessoa só  é possível porque existe o Deus que ama com gratuidade, o Deus que cria o homem e o chama à existência, à vida.
No começo da Bíblia,encontramos o relato da criação do homem. Era um novo ser que aparecia. Mas não só isso. O Deus que ama se manisfestava, criando o ser humano com gesto de gratuidade.
Deus, porém, não criou o homem como qualquer elemento constitutivo da criação. Ele o colocou acima da natureza e da própria sociedade(Gn 1,28-30) O mandato de Deus: "Sejam Fecundos, multipliquem-se..." nos mostra que o ser humano não foi criado para viver na solidão,mas para encontrar sentido em sua existência no convívio com outras pessoas. E é no relacionamento com os outros, no diálogo, que o ser humano descobre-se um ser social.
Deus ama cada um em particular e lhe dá a vida, para que todos vivam em sociedade.
O fato de sermos"obra do amor de Deus" nos faz compreender melhor o pressuposto da vocação: todas as pessoas são chamadas a amar e a prolongar a ação criadora e salvífica de Deus. E quem tem consciência disso vive de maneira a dar resposta livre ao amor de Deus. Vive na certeza de que é chamado a realizar uma ação, uma transformação no mundo, porquê o ser humano é dinâmico e não se satisfaz com as situações erradas que encontra no mundo.
Falamos até agora do homem e seu criador, Deus Pai. No entanto, toda pessoa chamada a viver em Cristo, porque Cristo é a imagem perfeita de Deus junto à humanidade (já expliquei isso no humanismo bíblico se você não leu quanto acabar aqui procure o link e leia). Ele veio à terra para fazer a vontade do Pai Afirma São João Paulo II:
"Ao se falar do homem, não se trata do homem 'abstrato' , e sim real : do homem 'concreto' 'histórico' . Trata-se de cada homem... porque com todos e a cada um Cristo se uniu, para sempre".(Redemptor hominis 13).
A vocação humana não existe separada da vocação cristã, porque toda pessoa é chamada a realizar-se em Cristo, modelo para todos.
Ele se fez homem, encarnou-se na história, entrou em relacionamento com as pessoas e deu sua vida pela humanidade. Cristo se uniu a cada um de nós pela oferta de sua própria vida. Nós também: seremos felizes à medida em que fizermos de nossa vida resposta de amor também aos irmãos.
(Sousa,Adriano Soares de)
Referências bibliográficas: Bíblia Sagrada, Jerusalém, Ed, Paulus.
REDEMPTOR HOMINIS, Papa João Paulo II, Ed. Paulinas.
Fotos: Arquivo Pessoal
  

Comentários