A BÍBLIA É MACHISTA?

  Olá pensadores! Tudo bem com vocês? Comigo vai bem graças ao Bom Deus. Certa vez conversando com uma líder de comunidade da minha paróquia ela soltou essa pérola: "a bíblia é machista" . Doeu meus ouvidos ao ouvir isso e deu para perceber que ela não é uma leitora assídua da bíblia e vai muito na ideia do discurso extremista do feminismo dos dias atuais.
  Como sei que muitas das pessoas não tem essa informação, no texto de hoje citarei algumas mulheres das histórias bíblicas que tiveram grande destaque em seu tempo e espero provar que a bíblia não é machista.

SARA

 Começamos com Sara, que foi nada mais nada menos que a esposa de Abraão. Deus teve uma promessa para teu marido: torna sua descendência maior que as estrelas do céu, não teria nenhum problema para um casal recém -casado, porém os dois eram idosos e mesmo assim no auge de seus 90 anos Sara dá a luz ao seu filho Isaac. (Gênesis 21 1-23)

MIRIÃ

 Poderia chama-lá de Maria mas como terá outras de mesmo nome colocarei Miriã ou Miriam se preferirem para distinguir umas das outras, pois Maria é a tradução do português para o nome original do hebraico.
  Essa personagem teve um papel significativo para a libertação do povo hebreu das mãos dos egípcios, pois ela que acompanhou o cesto no rio aonde Moisés estava até chegar aonde a filha do faraó tomava banho. Por causa dela, Moisés foi criado livre da perseguição dos soldados egípcios.

RAABE

Raabe era prostituta, isso mesmo que você acabou de ler pros-ti-tu-ta, caso você ache essa palavra pesada vou falar em tom mais leve, ela era garota de programa. Ela habitava em uma casa que situava na parte de cima das muralhas de Jericó. Teve seu protagonismo,pois através dela Josué conseguiu obter sucesso no seu plano de ocupação da terra prometida. Raabe escondeu em sua casa os dois espiões de Josué que vigiavam constantemente a muralha. Quando a muralha caiu começou o processo de ocupação e Raabe desceu com o povo de Israel e começou a viver no meio deles, ela conheceu Salmon  se apaixonaram, casaram-se e ela deu a luz a Boaz que foi bisavô do Rei Davi.
 Ela é mencionada na galeria dos heróis da fé e entrou na genealogia de Jesus. (Hebreus 11,31)

DÉBORA 

O nome Débora é do hebraico Débhoráh e significa abelha. Ela morava nas montanhas de Efraim , entre Ramá e Betel, e era esposa de Lapiote.
  Débora, foi a única mulher mencionada na bíblia como juíza , além disso era profetiza e comandou um exercito para a vitória.
Explico, ouve uma batalha entre Israel contra Sísera  esse foi morto com uma estaca na testa enquanto estava deitado. Assim, se cumpriu a promessa de Deus, pois a promessa dizia que  Sísera morreria pelas mãos de uma mulher.(Juízes 4,9)

ESTER

 Quando o rei da Pérsia decidiu procurar uma nova rainha, as mais belas virgens do reino foram escolhidas para se apresentarem ao rei, dentre elas estava Ester que pertencia ao povo judeu. O rei se encantou com a beleza de Ester e está foi escolhida como a nova rainha.
  O rei da Pérsia queria exterminar do povo judeu no dia 14 do calendário de Adar. Ester jejuou e orou e sua oração foi atendida quando a mesma delatou os planos de extermínio que Hamã tinha contra seu povo. 

MARIA MADALENA

   Muitos confundem Maria Madalena, com a mulher pega em adultério na passagem bíblica (João 8,1-11)  que faz essa confusão comete um grande equivoco, Madalena vem do Magdala que era uma região prospera no ramo da pesca e quem vivia por essas bandas tinha uma condição financeira boa, e de magdala que surge o termo magnata, portanto, Maria Madalena era uma mulher de posses.
   Maria  Madalena foi uma mulher a frente do seu tempo, fato que boa parte dos investimentos que os apóstolos tiveram vieram dela, ouso a dizer que ela teve um papel de gestora entre eles, enquanto Pedro cuida da parte pastoral e missionária ela ficava na parte econômica da coisa.

MARIA MÃE DE JESUS

 Deixei ela para o final, pois acho ela um bom exemplo para os dias de hoje. Maria foi mãe na adolescência, mais ou menos no auge do seus 15 a 16 anos, detalhe mãe e solteira, se em pleno ano de 2020 é um transtorno uma gravidez precoce, imagina a dois mil anos atrás com uma sociedade muito mais patriarcal! Bem quando o Anjo chegou e anunciou para ela que o projeto de salvação passaria por ela, mesmo sem entender ela disse sim, esse sim passou por cima do seu noivado com José, passou por cima da cultura machista que ainda hoje perdura e passou por cima da religião , ela simplesmente abraçou o projeto porque entendeu que o que ela abraçava era maior do que tudo isso.

CONCLUSÃO

Poderia ficar aqui horas citando mais exemplos de mulheres protagonistas na bíblia, mas acredito que esses exemplos são mais do que necessário.
 Antes de você falar que a bíblia é machista, tem que fazer uma leitura aprofundada e ter um discernimento maior sobre o que está escrito nela.
  Não sou contra o movimento feminista, pelo contrário, dou meu total apoio a causa, mais não tolero exageros.

(Sousa, Adriano Soares de)

Referência bibliográfica: Bíblia Sagrada, Jerusalém, Editora Paulus,São Paulo 2012)
Imagem: Tirada da Internet

               

 

        

      

     

Comentários