QUAL É O LIMITE DO JORNALISMO?

Olá pensadores tudo bem com vocês? comigo vai tudo bem graças a bom Deus! Ao decorrer da dessa última semana com as notícias, vendo as notícias de da formar que elas são propagadas, e incentivado pelo humorista paraense Victor Camejo, te faço uma pergunta que deu título a esse texto: qual é o limite do jornalismo?
Bem, para começar vamos falar do o jornalista Marcão do povo que na edição  do dia 9/04/2020 do jornal Primeiro Impacto, apresentado no SBT, citou que para as pessoas mais velhas e para o grupo de risco, durante a pandemia seria útil construir um "campo de concentração", para que as mesmas ficassem ali até a pandemia acabar, sendo assim a economia girasse. Sabendo da má repercussão, o dono da emissora (Silvo Santos) que é judeu afastou temporariamente o jornalista, que voltou a ser integrado a equipe semanas seguintes.
Lembrando que não é a primeira vez que o jornalista é envolvido em polêmica, já que o mesmo quando trabalhava na Rede Record, fez um comentário racista com a cantora Ludmila chamando-a de "macaca", Marcão foi demitido da Rede Record, mas imediatamente contratado por Silvio Santos.
E continuando a falar do SBT, que diariamente tem o seu telejornal SBT Brasil, teve a edição do último dia 23/05/2020 cancelado. O telejornal que é apresentado desde de 2005, nunca teve uma edição suspensa. Nos bastidores falam que o real motivo do cancelamento foi a reportagem que iria falar do vídeo da reunião do dia 22/04/2020 no qual citaria que o presidente Bolsonaro queria interferir na polícia federal, no lugar do telejornal foi reprisado o programa semanal Triturando.
Agora cito aqui o jornalismo da Rede Record que notoriamente faz um jornalismo pró-governo ocultando informações, e invertendo valores para favorecer Bolsonaro. Todo mundo sabe que o dono da televisão o "bispo" Edir Macedo dá total apoio para os desmandos desse desgoverno, pois, o mesmo vê nessa aliança uma forma de concentrar seu rebanho e adentrar cada vez mais seu poder na política para dominar o país.
Outra imprensa, que notoriamente é pró-governo e omite informações é a Rádio Jovem Pan, que com sua equipe de jornalismo omite informações, e distorcem fatos.
Poderia citar vários, como o jornalista José Luiz Datena, que em meio a pandemia, entrevistava de forma amistosa o presidente até que depois do vídeo da reunião exposto, rompe com o presidente.
Por último deixei o apresentador amazonense Sikeira Junior, apresentador do Alerta Nacional da Rede TV, que menosprezou o vírus Covid-19 e ainda fez campanha contra o insolamento social, até o momento único meio de evitar o vírus. Bem, isso durou até que o mesmo ficasse contaminado com o vírus e se afastar da programação. Sikeira voltou recentemente e parece que continua imparcial.
Depois de mostrar esse fatos no nosso jornalismo trago até vocês a indagação do humorista Victor Camejo fez em um de seus vídeos e eu concordo com a opinião dele:
 "...Depois de ouvir esse pergunta durante muito tempo acho que chegou a hora da minha vingança: qual é o limite do jornalismo? Porque eu tomo todo cuidado do mundo com o que eu vou falar aqui,pois, eu sei que o dia que eu errar ou qualquer outro comediante errar e falar uma merda que não seja metade disso aqui, aí cara ninguém vai ter pena! Vai ter cancelamento , vai ter ameaça, como já fui muito (ameaçado)na minha vida , vai ter persecução penal, como eu já vi com outros comediantes .
E maneiro! se temos que ter responsabilidade no que a gente diz ,show! O jogo é esse eu tô para jogar , mas, aqui são jornais de Record,  Rede TV,  SBT, jornais diários que muitas vezes são lideres de audiência. Tipo, pessoas podem ter morrido por conta dessas informações ! E não houve nota de repúdio, não houve investigação , não houve cobrança social, ninguém fez um Roda Viva(programa de entrevista da TV Cultura) perguntando pela décima vez qual é o limite do jornalismo ?
Porque piadas são sim muito poderosas , e eu não estou pedindo a cabeça de ninguém aqui , longe de mim!! Mas, eu faço uma pergunta: será que a responsabilidade que a gente está exigindo da indústria do entretenimento  não devia está sendo exigida da industria da informação? Se todo discurso em mídia deve ser usado com responsabilidade, o que eu total concordo, por que uma piada ruim gera mais debate do que uma desinformação?
Você deve está perguntando: Adriano não vai falar da Globo, bem, por incrível que pareça vou falar bem, pois, ela juntamente com a Folha de São Paulo, Estadão e por mais surpreendente que pareça estão levando a informação de uma forma isenta. É claro que esses meios de imprensa têm suas segundas intenções, como por exemplo a Globo é de promover o seu apresentador Luciano Huck como candidato a Presidente da República em 2022. Cabe-nos saber discernir e saber buscar a informação, não somente a que nos agrada, mas aquela que seja verdadeira.
(Sousa,Adriano Soares de)
Imagens: Tiradas da Internet         
                      

Comentários